Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/02/2014 17:14

Ladrões levam 800 moscas de pesquisador da UFMS e prejudicam dois anos de estudo

Midiamax

Um assalto ocorrido no último sábado (2), na Avenida Costa e Silva, nas proximidades do Atacadão, em Campo Grande, poderia ter sido apenas um a mais na estatística da violência da cidade. No entanto, afetou diretamente o trabalho de conclusão de mestrado do biólogo Eder Barbier, de 28 anos.

Os dois ladrões, que abordaram Eder e um amigo, e que estavam em uma motocicleta, levaram além de celulares e dinheiro, 300 frascos com 800 moscas parasitas de morcego que estavam em uma mochila, fruto de pesquisa de dois anos que Eder vinha desenvolvendo.

“Quem levou o material não tem a mínima noção de sua importância. Não existe qualquer perigo para quem manusear esses frascos, pois as moscas estão em álcool. O prejuízo mesmo é no lado científico”, afirmou.

Segundo Barbier, a pesquisa tem como alvo os parasitas do morcego, que interferem diretamente no meio ambiente.

“Não sabemos muita coisa sobre os morcegos e com essa pesquisa sobre seus parasitas podemos nos aprofundar um pouco em seu ciclo de vida. Os morcegos são importantes na polinização e isso afeta o reflorestamento. Foi um trabalho árduo, principalmente nos dois últimos meses e é uma perda lamentável”, afirmou.

O trabalho já estava encerrado, sendo detectadas três novas espécies de moscas parasitas de morcego no Estado. No entanto, esse material deveria ser depositado na coleção científica da Universidade para servir como testemunho da pesquisa e também como referência para futuros estudos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)