Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

24/08/2011 07:50

Khadafi desafia opositores e diz que seus aliados manterão reação

BBC Brasil

Brasília – Em entrevista a uma emissora de rádio, o presidente da Líbia, Muammar Khadafi, disse ontem (23) que a saída do quartel-general foi uma \"medida tática\". Segundo ele, resta aos aliados vencer os rebeldes ou \"morrer como mártires\". No mesmo momento em que concedia a entrevista, ataques com mísseis e tanques foram registrados na capital, Trípoli, e em outras localidades.

O paradeiro de Khadafi ainda é desconhecido. O pronunciamento ocorreu horas depois que os insurgentes contrários ao regime invadiram o complexo governamental de Bab Al Azizia - uma das poucas áreas que aparentemente ainda estavam sob controle do governo na capital.

Na entrevista, reproduzida pela rede de TV Al Urubah (favorável ao regime), o líder líbio disse que seu quartel-general foi arrasado por 64 ataques aéreos conduzidos pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) – que bombardeia o território líbio de acordo com resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Em entrevista concedida à mesma TV Al Urubah, o porta-voz do governo de Khadafi, Moussa Ibrahim, ameaçou transformar a Líbia em um \"vulcão em erupção e uma chama sob os pés dos invasores\". Segundo Ibrahim, 6,5 mil voluntários entraram em Trípoli nas últimas seis horas, espalhando-se em todas as ruas de Trípoli. Ele disse que o governo controla 80% da capital.

Paralelamente, dezenas de disparos de mísseis e morteiros foram registrados Trípoli, segundo relatos de testemunhas à rede de TV árabe Al Arabiya. A mesma emissora informou que a cidade de Ajelat, a oeste da capital, foi alvo de ataques de mísseis e de tanques por parte das forças leais a Khadafi.

Disparos de mísseis também ocorreram na cidade de Misrata, sob controle dos insurgentes, no oeste do país. Ontem, ao anoitecer, centenas de pessoas foram à Praça Verde, no centro da capital, para comemorar a suposta queda de Khadafi. Rebeldes atiraram para o alto, celebrando a tomada do complexo governamental, onde a bandeira verde do regime foi substituída pela tricolor, dos rebeldes.

Após controlar a maior parte de Trípoli, as forças rebeldes romperam ontem o cerco ao quartel-general de Khadafi. Um integrante da oposição informou que toda a superfície do complexo está sob controle das forças opositoras. Especula-se, no entanto, sobre a existência de abrigos subterrâneos no local.

Um busto de Khadafi também foi arrancado de sua base e a cabeça da estátua foi chutada. Cartazes com imagens do líder líbio foram destruídos pelos rebeldes. Além de Trípoli, a cidade portuária de Las Ranuf foi palco de enfrentamentos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)