Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/11/2007 09:03

Kemp defende resgate do "PT baderneiro”

douradosnews e assessoria

O deputado estadual Pedro Kemp lançou oficialmente ontem a candidatura à presidência do PT em Mato Grosso do Sul. Em um discurso critico à postura do partido nos últimos anos, o parlamentar afirmou que é preciso resgatar o “PT baderneiro” que incentiva os movimentos sociais a agir e afirmou que é necessário evitar uma aliança com Dagoberto Nogueira (PDT), pré-candidato a prefeitura de Campo Grande. “Não queremos ter aliança com o Dagoberto não. O PT tem que ter candidato próprio”, justificou.

Ao falar sobre a necessidade do partido se reaproximar dos movimentos sociais e distanciar-se do governo, mesmo que esteja sob o comando de um petista, Kemp afirmou querer ver de volta nos jornais manchetes que exaltem a capacidade de mobilização social do PT.

“Eu quero ver manchetes como essas: Os baderneiros do PT estão na praça incentivando os movimentos sociais, Os agitadores do PT estão nas aldeias incentivando os índios. Tomara que num futuro bem próximo a gente abra as páginas dos jornais e encontre manchetes como essas em vez de outras que nos envergonham”, disse.

Em discurso, Kemp falou ainda que é necessário “fortalecer o PT, arrumar a casa, chamar a militância de volta” e construir um partido que não tenha mais “pessoas que envergonhem os petistas publicamente com teses que contrariam o PT”. O parlamentar também afirmou que é necessário que o PT se organize nas eleições internas, para ter chances de vitória na eleição de 2008 "na Capital e no interior" e voltar ao governo em 2010.

O deputado criticou ainda os prefeitos do partido em Mato Grosso do Sul mantêm uma administração que “não se diferencia em nada da administração de outros partidos”. No discurso, sobrou até para o presidente Lula. “Temos que ajudar o Lula, mas nós temos que dizer que o Capital financeiro nunca lucrou tanto, que os bancos nunca lucraram tanto”, disse. “O governo tirou da pauta a reforma agrária e temos que colocar de novo”, completou.

Kemp também criticou o governador André Puccinelli, a quem acusou de "fazer caixa" acabando com os programas sociais e de marginalizar os programas sociais.

O discurso marcou a entrada de Kemp na campanha. Paralelo a fala do deputado, militantes receberam panfletos com as idéias do candidato. Em um deles, há a frase “Tô vendo uma esperança” na capa. As eleições do PT estão marcadas para o dia 2 de dezembro. Kemp tem como principal adversário o também deputado estadual Amarildo Cruz, que pertence ao CNB (Construindo um Novo Brasil) - antigo campo majoritário - que é liderado por Zeca do PT e Delcídio do Amaral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)