Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/11/2005 08:01

Juventude é o 1º clube brasileiro punido por racismo

O Juventude é o primeiro clube brasileiro punido por racismo. Nesta sexta-feira à tarde, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em decisão unânime, aplicou multa de R$ 200 mil e tirou o mando de campo de duas partidas da equipe de Caxias do Sul.

Juventude perde mando de campo por ofensa racista ao volante Tinga, do InternacionalDenunciado pelo árbitro mineiro Alicio Pena Júnior, que apitou a partida contra o Internacional no dia 22 de outubro, no Alfredo Jaconi, o Juventude foi penalizado pelos atos de sua torcida. Conforme relatou o árbitro em sua súmula, a torcida local "imitava um macaco todas as vezes" que Tinga, volante do Inter, tocava na bola.

A procuradoria do STJD denunciou o Juventude no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o que poderia acarretar em pena de até três jogos. A defesa do clube gaúcho tentou amenizar a punição com dois argumentos principais.

Segundo os advogados de defesa, a torcida do Inter costuma usar máscaras de macacos, por isso a provocação. A tese caiu, porém, porque segundo relatos, a torcida do Juventude só fazia os barulhos quando Tinga pegava na bola.

Além disso, a diretoria do time de Caxias tentou conter as ofensas pedindo, nos auto-falantes do estádio, para a torcida evitar as provocações racistas. O fato, porém, não foi citado pelo árbitro do jogo na súmula.

Após a defesa, o relator do processo, Marcos Henrique Pinto Basílio, pediu dois jogos e a multa de R$ 200 mil, citando outro acusação de racismo, ocorrida na partida entre Palmeiras e Flamengo, em São Paulo. O meia Renato, do time rubro-negro, acusou torcedores palmeirenses de comportamento semelhante aos do Juventude.

"Para azar do Juventude, o que aconteceu ontem mostrou que está evoluindo esse problema. Temos que ter uma punição exemplar. Senão, isso ficará incontrolável nos estádios. Tenho certeza que no próximo jogo, o primeiro que imitar macaco será denunciado pelos torcedores e será preso", afirmou.

Justamente pelo fato de se usar o Juventude como exemplo, o presidente do clube gaúcho, Walter Dalzotto Júnior, acredita que a punição já havia sido decidida muito antes do julgamento desta sexta-feira. E promete recorrer.

"Não adiantava trazer árbitro como testemunha [o relator disse que árbitro poderia amenizar situação] e nenhuma outra prova. Essa decisão já foi pré-determinada antes do julgamento, para servir de exemplo. Achei um exagero e a multa muito alta, mas vamos recorrer", anunciou o dirigente.

Como tem apenas mais três jogos em casa nesta reta final de Campeonato Brasileiro, o Juventude terá de enfrentar São Caetano e Goiás longe de seu estádio, voltando somente na última rodada, contra o Atlético-MG.

Outra derrota
O Juventude ainda sofreu outra derrota no STJD. Por dois votos a um, o atacante Zé Carlos, expulso também naquela partida após acertar uma cotovelada em um jogador adversário, pegou 120 dias de suspensão.

Outros três jogadores receberam cartão vermelho naquela partida. O zagueiro Edinho, do Inter, pegou dois jogos de suspensão, tendo mais um para cumprir. Já Tucho, do Juventude, e Vinícius, da equipe colorada, foram absolvidos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)