Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

28/10/2005 08:42

Justiça pode relaxar pena de 70% dos presos em Dourados

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Cerca de 70% dos 1,3 mil presos da Penitenciária de Segurança Máxima, Harry Amorim Costa, em Dourados, poderão ter a pena relaxada, caso seja essa a decisão da Vara de Execuções Penais de Dourados. Conforme reportagem do Dourados Agora, o processo é analisado pelo juiz Celso Schuch e o pedido foi feito pelos defensores criminais, Ligiane Cristina Motoki e Clarence Willians Duccini.
Eles questionam a lei que prevê que os condenados por tráfico de drogas, estupro, atentado violento ao pudor, seqüestro, homicídio qualificado, entre outros, cumpram 2/3 da pena em regime fechado para só depois conseguir o direito de ter a sentença revista. Os defensores propõem que os presos por crimes hediondos tenham direito a progressão da pena, ou seja, consigam ter a sentença reavaliada após ter cumprido apenas 1/6 da pena.
"O que pleiteamos, é que cada um tenha sua situação avaliada individualmente, de acordo com o crime cometido", explicou Ligiane, ao Dourados Agora. A idéia não é libertar os detentos encaminhá-lo a um regime mais brando como o semi-aberto, promover a ressocialização e diminuir a lotação carcerária da penitenciária
O vice-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Dourados, José Harfouche já se manifestou contrário à proposta que em sua avaliação incentivaria a impunidade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)