Cassilândia, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

21/07/2017 15:50

Justiça nega recurso e vereadores terão de devolver mais de R$ 37 mil à Câmara

Campo Grande News

O Tribunal de Justiça do Estado negou o recurso impetrado por três vereadores de Três Lagoas – a 338 quilômetros da Capital-, que se negavam a devolver o equivalente a R$ 37,206,00 a câmara do município, por terem participado de sessões extraordinárias, ainda entre os anos de 2006 a 2008.

Conforme o processo os vereadores Gilsemar José Ferreira, Valdomiro Aguirre e Gilmar Garcia Tosta receberam, cada um, R$ 12.402,00 mil pela participação nas sessões, realizadas entre 3 de junho de 2006 e o final de 2008.

O Ministério Publico ingressou com ação requerendo ressarcimento aos cofres públicos, embasado no artigo da Constituição Federal de 1988, que veda o pagamento de parcela indenizatória em razão de convocação para participação de reunião extraordinária e, considerando que nenhum ato normativo municipal pode contrariar o texto constitucional.

O relator do processo, Desembargador Eduardo Machado Rocha, entendeu que, em relação ao comparecimento dos vereadores às sessões extraordinárias, a Constituição Federal permite a convocação para sessões extraordinárias, no entanto ficando vedado o pagamento de parcela indenizatória.

Portanto, segundo o relator, a existência de norma legal municipal que disponha sobre o pagamento de indenização pela participação de vereadores em sessões extraordinárias, não pode se sobrepor à norma constitucional que veda a possibilidade.

Contudo, a Procuradoria-Geral de Justiça emitiu parecer pelo não conhecimento do recurso interposto por Gilsemar José Ferreira e não deu procedência aos recursos dos outros dois candidatos.

Outros setes vereadores também foram condenados, ainda em 2015, a fazer a devolução dos valores que no total, somavam R$ 125,260,20 mil à Câmara Municipal da cidade. Os valores serão devolvidos de forma parcelada, conforme acordado pelos vereadores com a justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 19 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 18 de Setembro de 2017
22:10
Loteria
Domingo, 17 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)