Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/05/2015 17:07

Justiça nega indenização a mulher que disse ter sido traída pelo ex

Ricardo Campos Jr., Campo Grande News

A Justiça negou indenização por danos morais a uma mulher que processou o ex-companheiro alegando ter sido humilhada por uma traição. A decisão foi tomada pela juíza Gabriela Müler Junqueira, da 7ª Vara Cível de Campo Grande. O valor da ação havia sido fixado em R$ 50 mil.

Conforme a sentença, o casal ficou junto por três anos. Quando o homem pediu separação, a vítima pediu declaração de união estável. Ao ser ouvido pela Vara da Família, o ex alegou que a mulher era apenas uma das namoradas que ele costumava levar para casa. A Justiça acatou o pedido e a relação foi reconhecida.

O acusado alegou que as afirmações que constaram no processo anterior haviam sido escritas pelo advogado e não representavam juízo de valor sobre ela, mas sobre os fatos. Dessa forma, tais alegações não são injuriosas.

No entendimento da juíza, “para que reste caracterizado o dano moral, não basta que a conduta supostamente ilícita tenha causado aborrecimento ou dissabor à vítima, é necessário que tenha atingido valores eminentemente espirituais, que transgridam o limite do razoável”, pontua.

Além do mais, “a infidelidade de qualquer dos companheiros não implica, por si só, motivo de indenizar, isto porque para que caracterizar o dano moral é necessário que um dos companheiros submeta o outro a condições humilhantes, vexatórias”.

Diante disso, ela negou o pedido feito pela ex. A decisão, no entanto, cabe recurso. O Campo Grande News tentou entrar em contato com a advogada que representa a mulher, mas a informação repassada é de que a profissional mudou de endereço.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)