Cassilândia, Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

26/09/2018 15:00

Justiça nega exigência de ponto eletrônico para comissionados

São funcionários que exercem funções de chefia, assessoramento e gerenciamento

Redação

A Justiça negou pedido do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) sobre controle eletrônico para servidores comissionados da Prefeitura de Campo Grande. A justificativa é a natureza do serviço destes funcionários “vai além” do horário regular e, muitas vezes, não depende da exigência de estar dentro da repartição pública para cumprir o trabalho.

Contudo, segundo o juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho, a ausência do controle eletrônico não dá liberdade para faltar no serviço. “Mas, justamente num voto de confiança àquele que foi escolhido para uma função de tamanha importância como é a chefia, a direção ou assessoramento”.

A decisão cita, ainda, que o MP apontou o flagrante de um servidor comissionado cuidando de interesses pessoais em horário de trabalho, que, “sem dúvida alguma”, configura uma falta funcional. “E quem sabe até caracterizar a figura do funcionário fantasma”.

Situação essa que merece uma “avaliação pontual”, mas que não pode permitir o endurecimento do controle de frequência tal qual o pedido feito pelo Ministério Público.

Anteriormente, a Justiça havia atendido a ação e determinado o ponto, mas, em “uma reflexão mais profunda” concluiu que a não exigência de ponto ocorre em outros lugares do País.

Contudo, o magistrado deixa claro que livrar o servidor do controle não significa que, se houver flagrante de desrespeito à jornada de trabalho, não “possam estar sujeitos à responsabilização por ilicitude ou por improbidade administrativa”.

A ação, ingressada em dezembro de 2016, era específica sobre um servidor, ainda na gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), e pedia que fosse extinto um decreto municipal, que livra comissionados do ponto eletrônico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 20 de Novembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 19 de Novembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Domingo, 18 de Novembro de 2018
09:05
Cassilândia
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)