Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/09/2011 16:56

Justiça manda escola aceitar matrícula de criança de 2 anos no Ensino Infantil

Marta Ferreira, Campo Grande News

A mãe de uma criança de 2 anos teve de acionar a Justiça para conseguir matricular a filha no ensino infantil de uma escola de Nova Andradina. A decisão foi confirmada na semana passada pelo Tribunal de Justiça, em decisão unânime dos desembargadores da 3ª Turma Cível, ao reexaminar a sentença da primeira instância que concedeu a liminar.

A mãe tentou matricular a criança e o pedido foi rejeitado pela direção da escola escola Pe. João Umberto Sachet. A alegação foi de que só é permitida matrícula de crianças no ensino infantil com três anos de idade completos até 31 de março do ano em que ocorrer a matrícula. A criança só completa 3 anos em outubro.

A recusa tem base em deliberação do Conselho Estadual de Educação. Para a mãe, o argumento utilizado pela diretora da escola fere o princípio da igualdade da Constituição Federal, que garante a toda criança o direito à educação.

O juiz de primeiro grau concedeu a liminar, em janeiro. No reexame, feito agora,o desembargaor Marco André Nogueira Hanson, relator do processo, entendeu que deve prevalecer o entendimento da sentença proferida em primeira instância. Segundo o desembargador, ficou evidenciado nos autos que a criança tem capacidade física, psíquica e psicomotora que justifica sua aptidão para ser matriculada no ensino infantil.

Em seu voto, o desembargador também citou a Constituição. “Da interpretação, tanto da Constituição Federal quanto do Estatuto da Criança e do Adolescente, conclui-se que o Estado tem a obrigação de garantir o acesso desde a creche aos mais elevados níveis de ensino. Assim, revela-se irrecusável impedir a matrícula dos menores que completariam a idade de três anos após o início do ano letivo, não se justificando a perda de todo o ano letivo”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)