Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/09/2016 17:42

Justiça manda bancários retomarem atendimento em agências de MS

Anny Malagolini, Campo Grande News

A OAB (Ordem dos Advogados de Mato Grosso do Sul) conseguiu na Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul, nesta sexta-feira (16), liminar que prevê o funcionamento de 30% dos serviços oferecidos em agências bancárias do Estado a partir de segunda-feira (19). O sindicato da categoria diz que já está cumprindo o percentual das atividades e, por isso, promete insistir na paralisação.

De acordo com o parecer, a Justiça fixou multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento da liminar.

O presidente da OAB no Estado, Mansour Elias Karmouche, que pediu a liminar, disse não se tratar de mera redução do ritmo de trabalho, mas total paralisação das atividades. A situação, complementa, está afetando a população, “que paga por serviços que não estão sendo fornecidos”.

“A greve gera atraso de contas, juros e multas”, avalia o presidente da OAB-MS. Apensas em Campo Grande há 99 agências paradas.

No entanto, o Edvaldo Barros, presidente do Sindicato dos Bancários em Mato Grosso do Sul, afirma que a categoria permanecerá em greve, alegando que a paralisação é um direito dos trabalhadores e que a OAB não tem o poder de interferir no ato.

“As agências bancárias estão com 30% de suas atividades em operação, como determina a lei, e estamos cumprindo. Temos nossa legislação”, disse.

Conforme determina a leiº 7.783, que regula o período de greve dos trabalhadores, os serviços essenciais - como saques e depósitos -, devem continuar funcionando durante o período de paralisação.

Negociação - A paralisação dos bancários começou no dia 6 de setembro, e um acordo entre bancos e trabalhadores ainda pode estar longe de ser fechado. Entre as reivindicações estão: reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras pedidos, como melhores condições de trabalho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)