Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

16/09/2016 17:42

Justiça manda bancários retomarem atendimento em agências de MS

Anny Malagolini, Campo Grande News

A OAB (Ordem dos Advogados de Mato Grosso do Sul) conseguiu na Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul, nesta sexta-feira (16), liminar que prevê o funcionamento de 30% dos serviços oferecidos em agências bancárias do Estado a partir de segunda-feira (19). O sindicato da categoria diz que já está cumprindo o percentual das atividades e, por isso, promete insistir na paralisação.

De acordo com o parecer, a Justiça fixou multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento da liminar.

O presidente da OAB no Estado, Mansour Elias Karmouche, que pediu a liminar, disse não se tratar de mera redução do ritmo de trabalho, mas total paralisação das atividades. A situação, complementa, está afetando a população, “que paga por serviços que não estão sendo fornecidos”.

“A greve gera atraso de contas, juros e multas”, avalia o presidente da OAB-MS. Apensas em Campo Grande há 99 agências paradas.

No entanto, o Edvaldo Barros, presidente do Sindicato dos Bancários em Mato Grosso do Sul, afirma que a categoria permanecerá em greve, alegando que a paralisação é um direito dos trabalhadores e que a OAB não tem o poder de interferir no ato.

“As agências bancárias estão com 30% de suas atividades em operação, como determina a lei, e estamos cumprindo. Temos nossa legislação”, disse.

Conforme determina a leiº 7.783, que regula o período de greve dos trabalhadores, os serviços essenciais - como saques e depósitos -, devem continuar funcionando durante o período de paralisação.

Negociação - A paralisação dos bancários começou no dia 6 de setembro, e um acordo entre bancos e trabalhadores ainda pode estar longe de ser fechado. Entre as reivindicações estão: reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras pedidos, como melhores condições de trabalho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
06:26
Loterias
06:23
Loterias
06:20
Loterias
06:15
Loterias
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)