Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/05/2015 17:22

Justiça garante hora atividade para professores de sala de reforço

João Pamplona
Foto - Fundação EducarFoto - Fundação Educar

Em decisão proferida no último dia 28 de abril e divulgada nesta segunda-fera a Juiza Luciane Buriasco Isquerdo acatou pedido da assessoria jurídica do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) e concedeu liminar suspendendo os efeitos da portaria da Secretaria Municipal de Educação que determinou que professores de reforço cumpram as horas atividade dentro de sala de aula. 

"Muito embora relevante a alegação do Munícipio de que a aula de reforço trata-se de um apoio extra aos alunos que em sala de aula regular não conseguem assimilar o conteúdo, não havendo planejamento de aulas, elaboração/aplicação ou correção de provas, fato é que a Lei nº 11.738/2013 em seu artigo 2º, § 2º, não faz distinção entre as atividades desempenhadas pelos profissionais", argumentou a magistrada em sua decisão. 

Ao finalizar complementa, "ou seja, conforme disciplinado na referida lei, aos profissionais do magistério, tanto os que desempenham as atividades de docência ou aos de suporte pedagógico à docência, como no presente caso dos professores que trabalham em salas de reforço (art 2º e §2º), observaser-se á na composição das jornadas de trabalho o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para as atividades de interação com os educandos e 1/3 para a atividade extra-classe (art 2º e § 4º), não havendo como se fazer distinção entre um ou outro professor , observando que não se trata o presente caso de não somente ministrar aulas de reforço, sendo a questão muito mais ampla, exigindo a dedicação do professor e o dispêndio com horas de estudo, incluindo aquele que ministra aulas de reforço, indispensáveis ao ensino de qualidade".

  

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)