Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/10/2004 15:15

Justiça fixa aumento de 8,5% para funcionários do BB

Marina Miranda / Campo Grande News

O TST (Tribunal Superior do Trabalho) fixou há pouco 8,5% de reajuste aos funcionários do Banco do Brasil. Quem ganha até R$ 1,5 mil, será pago um abono de R$ 30. O índice ficou aquém do pleiteado pela categoria que queria 19%.
A decisão do TST foi tomada durante o julgamento do dissídio da categoria, pedido pela Contec (Confederação Nacional dos Trabalhadores das Empresas de Crédito).
O tribunal determinou também o pagamento de um abono de R$ 1.000 para os funcionários do banco. A decisão melhora a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), que previa o reajuste dos mesmos 8,5% mas sem o abono.
Apesar de representar só 5% dos funcionários do setor, a Contec protocolou pedido de dissídio no TST. Essa solução era rejeitada pela CNB-CUT (Confederação Nacional dos Bancários), que preferia buscar uma solução negociada para a campanha salarial.
Como o julgamento só vale para o BB, não se sabe se os demais bancos pagarão o mesmo percentual de reajuste. A campanha salarial dos bancários foi realizada em conjunto.
O Banco do Brasil vai ter que pagar também 50% dos dias parados e a compensação dos outros 50% com horas extras pelos funcionários. Dessa forma, os funcionários poderão ser obrigados a compensar até 15 dias, já que a greve durou 30 dias em algumas capitais --de 15 de setembro a 14 de outubro, conforme informações da Folha Online.
O TST vai analisar daqui alguns minutos o dissídio dos funcionários da Caixa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)