Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/07/2009 18:41

Justiça Federal condena 14 pessoas envolvidas na máfia

Vladimir Platonow , Agência Brasil

Rio de Janeiro - A 1a Vara Federal de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, condenou 14 pessoas pela participação no esquema, que ficou conhecido como Máfia dos Combustíveis. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), que denunciou a quadrilha em março de 2004, seus integrantes sonegavam Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e adulteravam combustíveis, com a participação direta de funcionários públicos.

Os envolvidos diziam que levariam o combustível para ser vendido no estado do Espírito Santo, onde o imposto que pagariam era menor. Mas, na verdade, eles desembarcavam o produto na cidade de Campos, no norte fluminense. Para funcionar, o esquema contava com uma verdadeira rede de corrupção, envolvendo funcionários da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Receita Federal e da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Os condenados responderam por formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, tráfico de influência e advocacia administrativa.

Segundo o MPF, primeiro um fiscal da ANP avisava quando iria acontecer uma fiscalização, depois os agentes da PRF garantiam livre trânsito dos caminhões de combustível sem nota. Por último, um funcionário da Receita carimbava as notas irregulares.

Entre os envolvidos, a maioria foi condenada a penas de prisão transformada em penas restritivas de direitos. Ninguém foi condenado à pena em regime integralmente fechado. Três policiais rodoviários federais e um fiscal da Receita perderam os cargos públicos pelos crimes cometidos.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)