Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/05/2012 11:35

Justiça Eleitoral quer criar banco de dados para examinar inelegíveis

Wendell Reis, Campo Grande News

A Justiça Eleitoral, representada pela PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) e pela corregedoria regional do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), está enviando ofícios a diversos órgãos públicos e privados com solicitação de informações sobre cidadãos que possam se enquadrar entre os inelegíveis para a eleição em outubro de 2012.

A medida tem por objetivo criar um banco de dados que auxilie juízes e promotores eleitorais a examinarem os pedidos de registros de candidaturas, barrando os chamados “fichas sujas”. As informações serão armazenadas pelo TRE e disponibilizadas para consultas e análises da Justiça Eleitoral.

Foram encaminhados ofícios ao Ministério Público da União, a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul, às Câmaras de Vereadores do Estado, ao Tribunal de Justiça, ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, a 9ª Circunscrição Judiciária Militar da União, aos tribunais de Contas do Estado e da União, à Procuradoria Geral do Estado, à Controladoria-Geral da União, à Procuradoria Geral de Justiça e aos Conselhos de Classe de profissões liberais.

A chamada “Lei da Ficha Limpa” torna inelegíveis aqueles que sofreram condenação por crimes, seja comum ou eleitoral, ou por improbidade administrativa, quando houver dano ao patrimônio público ou enriquecimento ilícito. A legislação diz que serão considerados inelegíveis apenas aqueles que já tiverem sido condenados e que não caiba mais recurso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)