Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

21/05/2012 11:35

Justiça Eleitoral quer criar banco de dados para examinar inelegíveis

Wendell Reis, Campo Grande News

A Justiça Eleitoral, representada pela PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) e pela corregedoria regional do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), está enviando ofícios a diversos órgãos públicos e privados com solicitação de informações sobre cidadãos que possam se enquadrar entre os inelegíveis para a eleição em outubro de 2012.

A medida tem por objetivo criar um banco de dados que auxilie juízes e promotores eleitorais a examinarem os pedidos de registros de candidaturas, barrando os chamados “fichas sujas”. As informações serão armazenadas pelo TRE e disponibilizadas para consultas e análises da Justiça Eleitoral.

Foram encaminhados ofícios ao Ministério Público da União, a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul, às Câmaras de Vereadores do Estado, ao Tribunal de Justiça, ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, a 9ª Circunscrição Judiciária Militar da União, aos tribunais de Contas do Estado e da União, à Procuradoria Geral do Estado, à Controladoria-Geral da União, à Procuradoria Geral de Justiça e aos Conselhos de Classe de profissões liberais.

A chamada “Lei da Ficha Limpa” torna inelegíveis aqueles que sofreram condenação por crimes, seja comum ou eleitoral, ou por improbidade administrativa, quando houver dano ao patrimônio público ou enriquecimento ilícito. A legislação diz que serão considerados inelegíveis apenas aqueles que já tiverem sido condenados e que não caiba mais recurso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)