Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/08/2008 19:18

Justiça do Rio mantém cassação do mandato de Álvaro Lins

Agência Brasil

Rio de Janeiro - O desembargador Paulo Leite Ventura, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou hoje (20) o mandado de segurança do ex-deputado Álvaro Lins para suspender a cassação de seu mandato pela Assembléia Legislativa do estado, por quebra de decoro parlamentar.


Na ação, o ex-deputado pedia a recontagem dos votos que decidiram pela sua cassação e a anulação do voto do deputado Nilton Salomão (PMDB). Segundo o ex-chefe de Polícia Civil, o parlamentar não poderia ter participado da votação, uma vez que estava com seus direitos de deputado suspensos.


A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro cassou o mandato do deputado Álvaro Lins por 36 votos favoráveis e 24 contrários, no dia 12 de agosto, e decretou a sua prisão preventiva no dia 14 .

Desde então, Álvaro Lins foi considerado pela Polícia Federal como foragido, já que não foi encontrado em sua residência no dia 15 para cumprir o mandado de prisão.


O ex-deputado se entregou ontem (19) na sede da Polinter, no Rio de Janeiro, e foi direto para o presídio de segurança máxima Bangu 8, no complexo de Gericinó.


Álvaro Lins responde a processos na Justiça Federal pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, facilitação de contrabando e envolvimento com a máfia dos caça-níqueis.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)