Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

20/09/2017 15:00

Justiça determina retorno de ex-vereador do Rio para presídio federal

Agência Brasil

 

O juiz da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Rafael Estrela determinou o retorno imediato de Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, para o presídio federal de Mossoró (RN), a cerca de 2,4 mil quilômetros da capital fluminense.

Jerominho foi vereador pela Câmara Municipal do Rio e seu irmão, Natalino José Guimarãres, foi deputado estadual. Os dois eram policiais civis e comandavam a milícia Liga da Justiça, a maior da zona oeste do Rio.

O juiz decidiu também manter naquela penitenciária Natalino José Guimarães. Ambos são condenados por formação de quadrilha e envolvimento com milícias.

Em março deste ano, Jerominho havia regressado ao Rio por determinação do juiz federal corregedor do presídio do Rio Grande do Norte.

Condenação

Em março de 2009, a Justiça Estadual do Rio de Janeiro condenou o ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, e o ex-deputado estadual Natalino Guimarães a10 anos e meio de prisão por formação de quadrilha armada. Eles foram denunciados pelo Ministério Público do Rio como chefes da milícia Liga da Justiça, com atuação na zona oeste do Rio. Além de Natalino e de Jerominho, também foram condenados o ex-policial Ricardo Teixeira Cruz, o Batman, fugitivo de Bangu 8, e o filho de Jerominho, o ex-PM Luciano Guinâncio Guimarães.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)