Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/03/2016 18:35

Justiça derruba liminar que suspendia nomeação do ministro da Justiça

Ricardo Campos Jr., Campo Grande News

O desembargador federal Cândido Ribeiro derrubou a liminar que vetava a nomeação Wellington César Lima e Silva como ministro da Justiça. Com isso, ele foi reconduzido ao cargo nesta segunda-feira (7). A decisão atende ao pedido feito pela AGU (Advocacia-Geral da União) contra a liminar da juíza federal Solange Salgado.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a magistrada havia tomado a decisão com base no argumento de que Silva, uma vez sendo promotor de carreira, teria que pedir demissão antes de assumir o ministério.

No entanto, o desembargador-federal entende que a questão é mais ampla e envolve um debate sobre a Constituição, o que deverá ser feito pelo STF (Supremo Tribunal Federal) na próxima quarta-feira e por isso suspendeu a liminar até que haja um entendimento sobre o assunto.

Além disso, a liminar desestabiliza o Governo Federal, uma vez que deixa sem comando de uma hora para outra o ministério cujo objetivo é garantir, entre outras coisas, a administração penitenciário e outros instrumentos de segurança pública.

Silva atua no Ministério Público Estadual da Bahia desde 1991, tendo sido inclusive procurador de Justiça naquele estado, estando atualmente afastado do cargo.

A Constituição tem brechas para que membros desses órgãos sejam nomeados para cargos públicos, desde que compatíveis com as funções institucionais do MP, sendo proibidas a representação judicial e a consultoria jurídica de entidades públicas.

José Eduardo Cardozo, que hoje ocupa a AGU, entende ser perfeitamente possível que um membro do ministério público assuma cargos no Executivo Nacional e ele confia que a liminar será cassada após recurso.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)