Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/08/2011 10:19

Justiça decide manter prisão de prefeito de Alcinópolis por morte de vereador

Paula Vitorino, Campo Grande News

O Tribunal de Justiça decidiu converter a prisão temporária do prefeito afastado de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), em prisão preventiva. Com isso, o acusado permanece atrás das grades por prazo indeterminado. A medida foi determinada pela desembargadora Marilza Fortes, na noite desta terça-feira (16).

Manoel poderia ser solto nesta sexta-feira (19), quando encerraria o prazo da prisão temporária, válida por 30 dias. A defesa do prefeito também havia pedido o relaxamento da prisão temporária, que foi negado pela Justiça.

Ele e outras 5 pessoas foram presas no dia 20 de julho pela morte do então presidente da Câmara de Alcinópolis, o vereador Carlos Antônio Carneiro, que foi assassinado em outubro de 2010, em Campo Grande. Manoel é o único dos acusados que ainda permanece na prisão.

Na semana passada, foram soltos os vereadores Enio Queiroz (PR), Valter Roniz (PR) e Valdeci Lima (PSDB). Eles foram enquadrados por participação em homicídio doloso, qualificado por motivo fútil e mediante pagamento.

Houve quebra do sigilo telefônico dos vereadores após o crime e, de acordo a defesa, os diálogos não mostram participação dos presos. “Eram conversas informais, preocupações relativas a um crime”.

A justiça também já havia concedido liberdade ao comerciante Ademir Luiz Muller e a funcionária da prefeitura Jurdete Marques de Brito. Todos estavam presos em Campo Grande. A prefeitura de Alcinópolis foi assumida pelo vice-prefeito Alcino Carneiro, pai do vereador morto.

O inquérito policial já foi concluído. O documento soma sete volumes, com mais de duas mil páginas. Desde o ano passado três homens respondem na justiça pelo crime: Irineu Maciel, Valdemir Vansan e Aparecido Souza Fernandes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)