Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/08/2011 10:19

Justiça decide manter prisão de prefeito de Alcinópolis por morte de vereador

Paula Vitorino, Campo Grande News

O Tribunal de Justiça decidiu converter a prisão temporária do prefeito afastado de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), em prisão preventiva. Com isso, o acusado permanece atrás das grades por prazo indeterminado. A medida foi determinada pela desembargadora Marilza Fortes, na noite desta terça-feira (16).

Manoel poderia ser solto nesta sexta-feira (19), quando encerraria o prazo da prisão temporária, válida por 30 dias. A defesa do prefeito também havia pedido o relaxamento da prisão temporária, que foi negado pela Justiça.

Ele e outras 5 pessoas foram presas no dia 20 de julho pela morte do então presidente da Câmara de Alcinópolis, o vereador Carlos Antônio Carneiro, que foi assassinado em outubro de 2010, em Campo Grande. Manoel é o único dos acusados que ainda permanece na prisão.

Na semana passada, foram soltos os vereadores Enio Queiroz (PR), Valter Roniz (PR) e Valdeci Lima (PSDB). Eles foram enquadrados por participação em homicídio doloso, qualificado por motivo fútil e mediante pagamento.

Houve quebra do sigilo telefônico dos vereadores após o crime e, de acordo a defesa, os diálogos não mostram participação dos presos. “Eram conversas informais, preocupações relativas a um crime”.

A justiça também já havia concedido liberdade ao comerciante Ademir Luiz Muller e a funcionária da prefeitura Jurdete Marques de Brito. Todos estavam presos em Campo Grande. A prefeitura de Alcinópolis foi assumida pelo vice-prefeito Alcino Carneiro, pai do vereador morto.

O inquérito policial já foi concluído. O documento soma sete volumes, com mais de duas mil páginas. Desde o ano passado três homens respondem na justiça pelo crime: Irineu Maciel, Valdemir Vansan e Aparecido Souza Fernandes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)