Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/05/2011 22:07

Justiça condena controlador de voo envolvido em acidente com avião da Gol

Débora Zampier, Agência Brasil

Brasília – O juiz Murilo Mendes, da Justiça Federal da 1ª Região, condenou hoje (19) o controlador de voo Lucivando Tibúrcio de Alencar a três anos e quatro meses de prisão em regime aberto. O magistrado considerou Lucivando negligente em relação a fatos que contribuíram para o acidente com o avião da Gol, em 2006, no qual morreram 154 pessoas. A pena será substituída por prestação de serviços comunitários e pela proibição do exercício da profissão. Ainda cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Também acusado pelo Ministério Público, o controlador Jomarcelo Fernandes dos Santos foi absolvido. Segundo o juiz, as provas e os depoimentos mostraram que Jomarcelo não tinha aptidão para ocupar o cargo e que isso só ocorreu porque havia falta de pessoal. “A prova dos autos dá conta de que o sistema aprovou, e dolosamente no meu entender, Jomarcelo sem que ele tivesse a mínima condição de ser aprovado”, afirma o juiz. Para o magistrado, “é preciso que se examine a situação de Jomarcelo com olhos no instituto de inexigibilidade de conduta diversa”.

Quanto ao controlador Lucivando, o juiz afirma que ele era apto a ocupar o cargo e foi negligente. O magistrado lembra que era impossível ao controlador de voo receber as chamadas feitas pelos pilotos do Legacy. Isso porque, assinalou Mendes, as frequências do console da cabine de controle não estavam programadas corretamente.

“Nenhuma das provas e/ou alegações constantes do processo (nem mesmo aquela que está no inquérito da Justiça Militar) teve consistência bastante para justificar a conduta negligente de Lucivando, de modo que sua condenação é medida que se impõe”, diz o juiz, em um trecho da sentença.

Nesta semana, Mendes condenou os pilotos do jato Legacy, os norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, a quatro anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto. A condenação também foi convertida em prestação de serviços comunitários, que deverá ocorrer nos Estados Unidos.

Edição: João Carlos Rodrigues

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)