Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/06/2007 13:06

Juro alto provoca queda do dólar, avalia economista

Edla Lula/ABr

Brasília - O economista Luiz Gonzaga Belluzzo atribui a recente elevação do real frente ao dólar, entre outros fatores, à arbitragem de juros – em que os investidores pegam empréstimos em outros países, onde as taxas são mais baixas, e aplicam no Brasil, que possui a mais alta taxa de juros do mundo.

Em entrevista, ele afirmou que a busca por essa diferença entre o juro que o investidor paga pelo empréstimo feito lá fora e o que receberá por aplicar no Brasil e mais a elevação dos preços de algumas commodities exportadas pelo Brasil, como o aço, são os responsáveis pela entrada de dólares no país, o que provoca o enfraquecimento da moeda americana.


Para o economista, desde 2002 a moeda brasileira é a que mais vem se valorizando. E que essa valorização se intensificou a partir de 2006 e, mais firmemente, em 2007. Isso é reflexo, segundo Belluzzo, da taxa de juros.


"A taxa de juros brasileira estar fora do lugar. Está excepcionalmente elevada", disse.


Mesmo com a última redução em 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros (Selic), definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, Belluzzo defende reduções maiores.


"Há uma distorção imposta pela política monetária que faz com que as empresas sejam obrigadas a fechar suas linhas de produção, até encerrar suas atividades. Muitas delas, sobretudo no setor manufatureiro, também são obrigadas a disfarçar sua situação importando mercadorias, colocando sua marca e vendendo no mercado interno".

Belluzzo enfatizou que "tem muita gente que nega a existência desse fenômeno [arbitragem], mas é indiscutível que a associação entre os dois foi importante para determinar a valorização do real". E lembrou que até mesmo os exportadores brasileiros, que reclamam da queda do dólar, contribuem para isso, quando também eles realizam a arbitragem.


"Entre o movimento de exportação efetivo de embarques e o movimento das antecipações do contrato de câmbio, ou seja, do financiamento das exportações, há um descompasso muito forte que mostra que os próprios exportadores estão usando essa arbitragem", comentou.


Os exportadores, explicou, aproveitam a baixa cotação do dólar para lançar mão, antecipadamente, dos empréstimos que financiarão suas vendas – por meio, por exemplo do Adiantamento de Contratos de Câmbio (ACC). Eles aplicam esse empréstimo, segundo o economista, em fundos de renda fixa: "Estão fazendo uma operação financeira quase que disfarçada em operação comercial".

Em todo o mundo, lembrou Belluzzo, o dólar está perdendo força. E isso se deve "a um aumento muito forte da liquidez mundial", ou seja, a grande circulação de moeda estrangeira pelos países, em especial aqueles em desenvolvimento.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)