Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/10/2015 17:19

Júri desqualifica crime e filho de policial acusado de matar amigo ficará livre

Ricardo Campos Jr., Campo Grande News

Por quatro votos a dois, os jurados decidiram que Guilherme Henrique Santana não teve intenção de matar o amigo Ítalo Marcelo de Brito Nogueira. O caso ocorreu durante uma festa em junho de 2010, em Campo Grande. A promotoria o havia acusado por homicídio com dolo eventual, mas a defesa conseguiu desqualificar o crime. Com isso, o acusado será solto.

O advogado do réu, José Roberto da Rosa Pires, explica que o cliente deverá se apresentar uma vez por mês no Fórum para comprovar vínculo empregatício. Ele também não poderá sair do país sem autorização judicial. Daqui a dois anos, se o rapaz não tiver cometido qualquer tipo de delito, o caso será arquivado definitivamente.

A decisão desagradou a família de Ítalo. “O que eu queria, era Justiça. Desde quando mataram meu filho, foi tudo armado. Ele [Guilherme] fugiu do flagrante e o pai dele saiu como herói. Um cara que leva uma viatura com uma escopeta numa festa”, opina o pai da vítima, Ítalo Nogueira, 59 anos.

O caso - O crime aconteceu durante uma festa na casa de um amigo dos envolvidos, na Vila Piratininga, em Campo Grande. De acordo com o inquérito, Guilherme pegou a arma do pai para uma brincadeira de "luta simulada", em que, além dele e de Ítalo, participaram de outros dois rapazes.

A perícia constatou que a bala desviou em uma parede para depois acertar a cintura da vítima, fragmentando-se dentro do corpo. Guilherme foi retirado da cena do crime pelo colega de dupla sertaneja Lineker Luiz Vazes Fernanes, que inicialmente alegou não saber quem havia atirado e depois ter confessado a mentira culpando o nervosismo pelo ocorrido.

Fernanes foi processado por favorecimento pessoal, já que, segundo a polícia, ele teria recebido orientações do pai do réu para tirá-lo do local, evitando assim o flagrante. Ele aceitou cumprir trabalho voluntário e o caso foi encerrado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)