Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/02/2005 15:49

Julgamento de agravos poderá ter sustentação oral

Agência Câmara

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 4729/04, que permite o pronunciamento dos advogados, oralmente, no julgamento de agravos (recursos contra decisão do juiz). A proposta, do Poder Executivo, altera o Código de Processo Civil, que só prevê a sustentação oral no julgamento de mérito (do teor da matéria julgada). "Ainda que a garantia de sustentação oral possa demandar mais tempo ao processo, trata-se de atender ao princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa", argumenta o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.
Além disso, se o julgamento do agravo não ocorrer em até duas sessões, após sua apresentação, ele só será reincluído na pauta se houver pedido de uma das partes. A legislação atual determina que um processo que aguarda julgamento pode entrar em pauta a qualquer momento, mesmo que a defesa não tenha sido notificada.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, vai ser analisado em conjunto com o PL 1823/96. Este projeto, de autoria da deputada Zulaiê Cobra (PSDB-SP), autoriza a concessão da palavra ao recorrente e ao recorrido, inclusive nos casos de julgamento dos recursos de agravo e de embargos de declaração.
As duas proposições estão tramitando na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)