Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/02/2011 12:38

Julgamento da eleição em Paraíso das Águas está em 1 a 1

Paulo Fernandes, Campo Grande News

Pedido de vista da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha suspendeu na noite de ontem o julgamento no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de pedido do Ministério Público Eleitoral para anular a resolução do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral) que determinou a realização das primeiras eleições de Paraíso das Águas. O placar está em 1 a 1.

No início de 2010, o TSE deferiu pedido da Procuradoria Regional Eleitoral suspendendo das eleições para prefeito e vereadores, que aconteceria no mesmo ano (em 14 de março).

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul defendeu que as eleições só poderiam acontecer em 2012. A Constituição Federal determina que as eleições municipais que elegem prefeitos, vices e vereadores devem ser realizadas simultaneamente em todo o Brasil.

O relator da matéria, ministro Aldir Passarinho Junior, foi contra a eleição fora de época. O voto dele foi dado no dia 28 de agosto do ano passado, quando o julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Dias Toffoli.

Ontem, Toffoli divergiu do relator e disse que a eleição não pode esperar até 2012. Ele manteve a decisão administrativa do TRE, que, no caso, ficaria responsável por reeditar o calendário eleitoral de Paraíso das Águas.

“Entendo que, tendo sido formalizada a criação de um novo município, não me parece razoável que se determine a espera da data designada para as próximas eleições de âmbito municipal para a escolha de seus governantes”, disse o ministro Toffoli.

Para ele, após a criação de um município a instalação deve ser formalizada com a “máxima brevidade possível”. O ministro disse que permitir que a eleição aguarde meses ou anos, viola o pacto federativo.

Em seguida, foi a vez da ministra Cármen Lúcia pedir vista, suspendendo novamente o julgamento.

O município de Paraíso das Águas foi criado a partir do desmembramento de Água Clara, Costa Rica e Chapadão do Sul. O novo município tem 2.500 eleitores, 4.800 habitantes e 4.869 km².

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)