Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

28/09/2012 20:41

Juiz revoga decisão que mandava bloquear YouTube em MS

Nicholas Vasconcelos, Campo Grande News

O juiz da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Flávio Saad Perón, revogou nesta sexta-feira (28) a decisão de bloquear o acesso ao YouTube por 24 horas em Mato Grosso do Sul. De acordo com Perón, não há necessidade de restringir o acesso ao site do ar já que os vídeos com ofensas ao candidato a prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) foram retirados do ar. O Google, proprietário do site de vídeos, vai ser informado ainda hoje da decisão da Justiça.

Na quinta-feira (27), o Google protocolou um pedido solicitando a suspensão da proibição já que os vídeos não estão mais disponíveis para o Brasil. A Embratel, um das duas operadoras responsáveis por distribuir o sinal de internet no Estado, já havia confirmado que cumpriria a decisão judicial que ordenou o bloqueio.

Os vídeos que atacam o candidato Alcides Bernal foram suspensos ontem depois da prisão do diretor do Google no Brasil, Fábio José Silva Coelho, na quarta-feira (26) por descumprir decisão da Justiça Eleitoral que obrigava a retirada do material. As gravações colocavam Bernal como incentivador de aborto, assim como relacionam com embriaguez, violência contra menor, enriquecimento ilícito e preconceito contra pobres.

A prisão de Fábio José Coelho ganhou até repercussão mundial com publicações em jornais americanos como o New York Times e Washington Post. Ontem o executivo publicou nota em que afirma que a retirada dos vídeos como “intimidatória e uma ofensa a liberdade de expressão”.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 29 de Maio de 2017
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)