Cassilândia, Terça-feira, 18 de Junho de 2019

Últimas Notícias

28/05/2019 08:40

Juiz reconhece doença mental e mantém autor de facada em Bolsonaro em MS

Campo Grande News

Decisão do juiz federal Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), reconheceu que Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada no então candidato e hoje presidente Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral de 2018, sofre de Transtorno Delirante Persistente, o que o torna inimputável. O magistrado também decidiu que o denunciado seguirá no Presídio Federal de Campo Grande até a conclusão da ação penal sobre o caso.

A decisão, conforme o jornal O Globo, segue pareceres médicos anexados pela defesa de Adélio e peritos escolhidos pela acusação –tanto do Ministério Público Federal como dos advogados de Bolsonaro, que reconheceram ser Adélio portador desse transtorno.

A decretação de inimputável impede que o denunciado seja punido criminalmente, o que, em caso de condenação na ação penal que tramita na Vara Federal mineira, levará Adélio a cumprir pena em um manicômio judicial.

Já as avaliações feitas sobre Adélio envolvendo como ele analisa o caráter ilícito da facada variaram entre a inimputabilidade e a semi-imputabilidade (esta última sendo tese do MPF). Vários exames foram realizados para balizar a decisão do juiz federal.

Savino também determinou que Adélio Bispo siga no Presídio Federal da Capital, para onde foi trazido após a prisão em 6 de setembro passado, uma vez que laudo psiquiátrico da defesa considerou o local como adequado para o tratamento.

Bolsonaro foi esfaqueado na tarde de 6 de setembro de 2018, quando participava de caminhada pelo Centro de Juiz de Fora. Ele era carregado por apoiadores quando sofreu a estocada no abdome, que o levou a ser internado na reta final do primeiro turno e passar por procedimentos cirúrgicos no intestino para colocação de uma bolsa coletora –retirada somente depois de sua posse, neste ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 17 de Junho de 2019
09:00
Santo do Dia
Domingo, 16 de Junho de 2019
13:00
Copa América
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)