Cassilândia, Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Últimas Notícias

26/04/2019 16:00

Juiz nega reconstituição da morte de idosa que teve a cabeça esmagada

Campo Grande News

O juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, negou o pedido de reconstituição simulada do assassinato de Dirce Santoro Guimarães Lima, de 79 anos. A vítima foi assassina por Pâmela Ortiz de Carvalho, nos fundos de uma fábrica no Bairro Indubrasil, no dia 23 de fevereiro.

À polícia, Pâmela confessou ter esmagado a cabeça da idosa contra um meio-fio. A promotoria argumentava que a reprodução seria uma “importante fonte de prova” que poderia esclarecer, inclusive, “se houve eventual participação de terceiro(s) no caso”.

No entanto, Garcete indeferiu o pedido justificando que ainda “há fatos e circunstâncias que deverão ser esclarecidos durante a instrução criminal” . “Assim, indefiro, por ora, a reprodução”, diz o documento, protocolado nesta quarta-feira (24).

O crime – Dona Dirce, como era conhecida no bairro Santo Antônio, desapareceu num sábado, dia 23 de fevereiro, e todo o enredo foi descoberto na segunda-feira, dia 25, quando vizinhas da idosa foram à 7ª DP (Delegacia de Polícia) para registrar o sumiço.

Na tentativa de despistar qualquer suspeita, a assassina confessa também esteve na delegacia. Pâmela só admitiu ter assassinado a idosa ao ser informada pela polícia que câmeras de segurança haviam flagrado o momento em que ela saiu com Dirce naquele sábado.

Antes de saber das imagens, ela havia negado até ter encontrado a vítima. Pâmela alegou para a polícia que durante uma discussão, a idosa ameaçou denunciá-la por compras usando indevidamente o nome de Dirce.

Ela disse ainda que a aposentada tentou sair do carro em movimento e caiu, batendo a cabeça no meio-fio. Desesperada e temendo ser descoberta, a mulher conta que pegou a cabeça da vítima e esmagou contra a guia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 26 de Maio de 2020
14:18
Artigo
Segunda, 25 de Maio de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)