Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2007 18:37

Juiz nega pedido de revogação de prisão a médica

Campo Grande News/Nadyenka Castro e Marta Ferreira

O juiz Aluísio Ribeiro dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, negou na tarde desta sexta-feira o pedido de revogação da prisão da médica Neide Mota Machado, dona da clínica de planejamento familiar onde eram realizados abortos. Ela está foragida desde que teve a prisão decretada, na segunda-feira.

Na decisão, o juiz argumenta que não houve violação de direitos constitucionais e que ela não se apresentou à Polícia Civil antes que fosse decretada a prisão temporária. O juiz agora avalia o pedido de prisão preventiva, que já teve parecer favorável do MPE (Ministério Público Estadual).

No pedido, os advogados disseram que a prisão é inconstitucional, uma vez que a médica tem residência fixa e que tentou agendar apresentação.

A médica é considerada foragida desde o início da semana, quando o juiz Aluísio decretou a prisão dela e da psicóloga Simone Sousa, libertada nesta quinta-feira porque colaborou com as investigações. Ela ficou presa três dias em uma cela do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Seqüestros).

Onze pacientes da clínica já confirmaram que fizeram aborto no local. Três profissionais de enfermagem que trabalhavam com Neide também já afirmaram o crime. Todos foram indiciados, sendo as funcionárias ouvidas e mais uma ainda não interrogada consideradas co-autoras.

As investigações começaram após reportagem exibida no Jornal da Globo no início do mês. Entre os materiais apreendidos na clínica está uma grande quantidade de Cytotec (medicamento abortivo) vencido e uma espingarda. Por isso, Neide também foi indiciada por posse irregular de arma de fogo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)