Cassilândia, Terça-feira, 25 de Julho de 2017

Últimas Notícias

05/07/2017 08:20

Juiz mantém concurso, mas manda incluir sindicato em comissão

Campo Grande News

 

O juiz José Eduardo Neder Meneghelli, da 4ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos - Campo Grande, negou o pedido do Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) para anular o concurso para delegado da Polícia Civil.

O magistrado, no entanto, determinou que a entidade seja incluída na comissão organizadora para que possa acompanhar todas as outras fases do processo seletivo.

Para Meneghelli, “a manutenção do edital não prejudica terceiros, muito pelo contrário, preserva a expectativa dos candidatos que almejam concorrer ao certame”.

O juiz decidiu ainda que “diante da ausência de outro sindicato na circunscrição deste Estado que represente exclusivamente os delegados de polícia”, o Sinpol-MS passe a fazer parte da comissão organizadora “a contar da data desta decisão”.

Sobre a vitória parcial na Justiça, Max Dourado, o diretor jurídico do sindicato, disse que o objetivo era justamente garantir a lisura do processo seletivo. “Precisamos de mais efetivo, mas de pessoas capacitadas para a função e que foram aprovadas no concurso devido à sua competência e não por algum tipo de facilitação”, declarou.

O Sinpol-MS foi à Justiça para pedir a anulação do concurso no dia 9 de junho. O Governo do Estado respondeu alegando que só a Adepol (Associação dos Delegados de Polícia de Mato Grosso do Sul) poderia requerer a suspensão do concurso.

Concursos - Os dois editais lançados pelo Governo do Estado oferecem 210 vagas para delegado, investigador e escrivão da Polícia Civil.

O salário oferecido para delegado é de R$ 14.978,26, enquanto o vencimento para escrivão e investigador fica em R$ 3.888,26, mais abono de R$ 300.

As inscrições vão até o dia 10 de julho e são feitas pelo site http://www.fapems.org.br/.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 24 de Julho de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 23 de Julho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)