Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/03/2013 11:04

Juiz manda vereadores devolverem R$ 99,2 mil

Luciana Brazil, Campo Grande News

Vereadores de Brasilândia, foram condenados a devolver R$ 99,2 mil à Câmara Municipal de Campo Grande. Eles receberam, de forma indevida, verba indenizatória para participar de sessões extraordinárias. O valor ainda será corrigido. Eles encerraram o mandato em dezembro de 2012.

A Ação Civil Pública foi ajuizada pelo Ministério Público como instrumento de controle difuso para a declaração de inconstitucionalidade da Lei Municipal, que autorizava o pagamento, como também exigia que os vereadores fizessem o ressarcimento.

A sentença do juiz Rodrigo Barbosa Sanches declarou inconstitucional a norma municipal que autorizava o recebimento das verbas e determinou que a Câmara não efetuasse mais qualquer pagamento de indenização aos vereadores pelo comparecimento em sessões extraordinárias.

Os parlamentares ainda podem responder criminalmente e por improbidade administrativa pelo pagamento indevido. O juiz frisa que não há análise em relação ao mérito das matérias em votação, como também a observância de suas necessidades preencherem os requisitos de urgência de votação. Mas destaca que consta nos documentos o registro de sessões extraordinárias realizadas, às vezes, na mesma data, com diferença mínima de tempo.

De acordo com a Emenda Constitucional n. 050/2006 é indevido o pagamento de verba indenizatória aos membros do Poder Legislativo por causa de sessões extraordinárias.

A Casa de Leis e os vereadores contestaram a ação e pediram sua extinção. Os legisladores afirmaram que o pagamento foi feito com respaldo na Lei Municipal. Segundo eles, não há inconstitucionalidade. Eles ainda afirmam que o Tribunal de Contas do Estado, em consulta realizada por outro poder público, havia emitido parecer de que a Emenda Constitucional não se aplica aos municípios.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)