Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

14/03/2010 13:24

Juiz manda transferir 663 presos de presídios na Capital

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

O juiz da 1ª Vara de Execuções Penais de Campo Grande, Francisco Gerardo de Souza, determinou a transferência de 663 presos do Complexo Penal de Campo Grande até a próxima quarta-feira. A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) recorreu, mas não conseguiu derrubar a liminar.

O Estado ainda tem esperanças de derrubar a decisão. Na quarta-feira, às 8h, a Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) julga o recurso do órgão estadual para suspender a liminar e não ser obrigada a acabar com a superlotação nos presídios.

O relator do processo é o desembargador Dorival Moreira dos Santos. Em outras duas manifestações, ele se mostrou favorável aos presos. Foi o relator do processo que determinou a liberação de 300 internos do regime semi-aberto cumprindo o fechado em Dois Irmãos do Buriti e pela manutenção da interdição do Centro de Triagem.

Caótico - O MPE (Ministério Público Estadual) pediu a transferência de 1.229 presos do Complexo Penitenciário de Campo Grande. A Defensoria Pública pediu a interdição da Penitenciária de Segurança Máxima, do Centro de Triagem e do Presídio de Trânsito, que estão superlotados.

Em 17 de novembro do ano passado, Francisco Gerardo acatou parcialmente o pedido de liminar e determinou a transferência, em 120 dias, de 663 presos, sendo 150 da Penitenciária de Segurança Máxima, 62 do Centro de Triagem e 451 do Presídio de Trânsito.

Em 20 de novembro, o desembargador Dorival Moreira dos Santos negou a concessão de liminar, em mandado de segurança, para suspender a decisão do magistrado. O prazo para o Estado transferir os presos termina nesta semana. A medida poderá ser suspensa pela Seção Criminal do TJ/MS, que analisará o recurso na quarta-feira.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)