Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/11/2010 10:32

Juiz manda entregar moedas,mas pedreiro "prefere prisão"

Campo Grande News/ Ricardo Campos Jr.

César Siqueira de Assis, 30 anos, foi intimado pela Justiça Federal para entregar em até 5 dias as moedas antigas que encontrou enterradas no quintal de casa, no Jardim Colúmbia, em Campo Grande.

Ele trabalha com serviços gerais e recebeu ontem (26) o mandado com a decisão judicial. Porém, Assis não tem intenção de desfazer do achado e prefere cadeia a ter de devolver os objetos.

“Eu achei, é minha. Porque eu vou devolver? Vou procurar os melhores advogados. Se não tiver condições de pagar um eu jogo tudo no rio e vou preso”, diz Assis.

O trabalhador em serviços gerais não pensa em ceder diante da pressão do Iphan por meio da Justiça. Assis conta que escondeu as 10 mil moedas em um local que só ele sabe e que não tem intenção nem de que as autoridades avaliem o achado para ver se tem alguma valia.

“Querem analisar para ver se tem valor histórico. Eles não vão nem chegar a ver as moedas”.

O prazo para apresentação das moedas termina na próxima quarta-feira, mas na segunda-feira, logo cedo, o pedreiro já pensa em agir. “Eu vou lá no Iphan conversar com eles certinho”, relata.

Tesouro – Assis mora desde 2002 no imóvel simples na saída para Cuiabá. Em julho começou uma obra para construir uma edícula no quintal.

Primeiro ele encontrou 15 moedas e depois um balde quebrado e o restante das moedas. Algumas tão antigas que estavam enferrujadas.

”Até assustei quando vi isso aí. Depois que foi cair a ficha”, conta, sem suspeitar de quem poderia ter enterrado o dinheiro ali.

São moedas do Japão, Espanha, Holanda, Inglaterra, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Honduras, França, Portugal, entre outras. Algumas estavam estragadas e ele jogou fora.

“Eu já levei para museus e queriam que eu fizesse doação, voltei para trás. Quero encontrar um colecionador para comprar”, explica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)