Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/01/2006 18:00

Juiz inocenta Kohl em processo de compra de votos

Paulo Fernandes e Marina Miranda/Campo Grande News

O prefeito de Coxim, Moacir Kohl (PDT), foi inocentado nesta sexta-feira, em 1ª instância, pelo juiz eleitoral David de Oliveira Gomes Filho, de um processo de cassação aberto em março de 2005 por compra de votos, referente às eleições de 2004.

A informação foi passada ao prefeito pela assessoria de imprensa dele durante evento na manhã desta sexta-feira na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). A ação contra o prefeito foi protocolada pelo PT. O processo correu em segredo de Justiça.

Kohl admitiu que ficou aliviado com o resultado. Segundo ele, os adversários políticos faziam provocações com base na ação. Kohl afirmou que fez uma “campanha limpa” e simples e que todos os gastos foram declarados à Justiça Eleitoral.

Na decisão, o magistrado concluiu que não há provas suficientes que comprovem a corrupção eleitoral. “No que se refere à compra de votos, o enquadramento lega é correto, pois sua prática configura, realmente, a corrupção eleitoral. As provas, entretanto, são frágeis para a cassação do mandato popular. Elas são insuficientes para justificar, num Estado de Direito, a cassação do mandato”. O juiz não aceitou as gravações, juntadas aos autos, que registraram testemunhas falando da compra de votos, porque foram feitas de forma clandestina.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)