Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/02/2009 08:33

Juiz eleitoral cassa prefeito de Porto Murtinho

Celso Bejarano Jr. e Jacqueline Lopes, Midiamax

O juiz eleitoral do município de Porto Murtinho, Giuliano Máximo Martins, cassou no final da tarde desta segunda-feira, dia 16, a diplomação do prefeito reeleito da cidade, Nelson Cintra, do PSDB. Cabe recurso. Porto Murtinho pode ter uma nova eleição, se mantida a decisão do juiz. É o que o adversário de Cintra também teria cometido crime eleitoral (Leia abaixo).

Ele fora cassado por ter supostamente comprado uma cesta básica a uma eleitora do município e ainda prometido a ela que ia pagar a conta da luz elétrica.

O prefeito deve pedir imediatamente a suspensão da liminar que o cassou ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul.


Se a corte eleitoral negar o pedido, Cintra deve ser afastado e assume o mandato o presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Fortunato Elias da Costa, do PSDB. Isso pode ocorrer ainda nesta semana.


Nelson Cintra é investigado em mais dois processos: um deles é por transporte ilegal de eleitores e outro por denúncias de compras de votos.


Ele fora reeleito por uma diferença de 12 votos sobre seu adversário, Heitor Miranda, do PT, irmão do ex-governador José Orcírio dos Santos, o Zeca do PT.


Duas semanas atrás, o juiz mandou prender Deodival Jocy Quil, ex-coordenador da campanha de Nelson Cintra. Numa audiência que discutia a denúncia de transporte de eleitores, Quil, segundo o juiz, teria se recusado a prestar depoimento acerca de denúncia.


Deodival Quil, segundo processo que corre na justiça eleitoral, em Porto Murtinho, cidade separada por um rio do território paraguaio, a 460 quilômetros de Campo Grande, é acusado de fretar seis ônibus que saíram daqui da Capital lotados de eleitores que votam em Porto Murtinho.


Juntado no processo aparece um cheque do ex-secretário com valor que teria pagado o aluguel dos veículos. Os ônibus, diz a investigação, partiram de Campo Grande entre 30 de setembro e 2 de outubro, e todos retornaram dia 5 de outubro, após as eleições.


Depoimentos de passageiros que seguiram no ônibus sustentam que eles não pagaram pela viagem e teriam ido para Porto Murtinho com a missão de votar no prefeito reeleito. Na audiência, o ex-secretário, que fora amargou cela de delegacia por duas semanas, não quis comentar nada sobre a denúncia e, por isso, recebera a voz de prisão do magistrado.

A denúncia


A denúncia que envolve o ex-secretário preso fora produzida pela assessoria jurídica da coligação de Heitor Miranda (PT), irmão do ex-governador Zeca do PT, que concorreu à eleição com Nelson Cintra e perdeu por apenas 12 votos.
Na ação conduzida, os defensores de Miranda pedem para cassar a diplomação do prefeito reeleito.

O adversário


Já o irmão de Zeca, Heitor Miranda, o segundo mais votado no município, por interpretação do Tribunal Superior Eleitoral, perdeu o registro da candidatura por ingressar no PT sem se licenciar do Ministério Público Estadual, onde ocupa o cargo de Procurador. A corte eleitoral ainda apura o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)