Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/10/2014 08:33

Juiz dá prazo de 20 dias para que paciente faça cirurgia de R$ 100 mil

Campo Grande News

A Justiça deu prazo de 20 dias para que Gildo Lozano, 51 anos, passe pela cirurgia, orçada em R$ 100 mil, que pode salvar sua vida. Ele tem neurocisticercose – doença que afeta o sistema nervoso central – e precisa retirar cistos alojados no cérebro. Sem conseguir comer, Gildo perdeu mais de 40 quilos.

A ação judicial contra o Estado foi proposta pela Defensoria Pública e na última segunda-feira o juiz de Anastácio, Luciano Pedro Beladelli, concedeu a liminar para que o procedimento cirúrgico fosse realizado em 60 dias.

Diante do quadro clínico do paciente, o defensor Daniel Provenzano Pereira pediu que o prazo fosse reduzido. No último dia 7, o magistrado mandou que a cirurgia seja feita no prazo de 20 dias. Em caso de descumprimento da decisão, a multa diária é de R$ 500. Na decisão, o juiz cita a Constituição Federal, onde consta que saúde é “direito de todos e dever do Estado”.

O drama de Gildo e sua família foi mostrado pelo Campo Grande News no dia 3 de outubro. Ele,a e esposa e os dois filhos sobrevivem de ajuda e de um auxílio doença de pouco mais de R$ 700. Em busca de recursos para a cirurgia, os familiares fazem rifas, pasteladas e campanha no Facebook.

De acordo com Valéria Alves de Souza, 35 anos, esposa de Gildo, o procedimento pode ser realizado no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, em Campo Grande, caso os materiais necessários sejam fornecidos para o médico.

A neurocisticercose é uma doença provocada por um parasita conhecido como tênia. Ela pode ser adquirida através do consumo de alimentos e água contaminados pelo parasita. O cisto da tênia percorre o organismo e se aloja em algum órgão, como o cérebro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)