Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/01/2010 15:32

Juiz concede liminar para desapropriar áreas para anel

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

O juiz da 6ª Vara Cível de Dourados, José Domingues Filho, concedeu liminar para desapropriar três áreas para a construção anel rodoviário de Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande. Foram depositados R$ 14,1 mil pelos três imóveis.

O prefeito Ari Artuzi (PDT) está desapropriando 81,2 hectares para a construção do anel viário, que será feita pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). Segundo a assessoria, a maior parte foi doada pelos produtores rurais. Em outras, eles aceitaram a indenização proposta pela prefeitura.

Com a decisão da Justiça, a prefeitura vai pagar R$ 4.502,76 para José Alves Barbosa pela área de 0,34 hectares. Lucinda Maria do Carmo receberá R$ 5.466,45 por 0,41 hectares. E Luiz David Catelan terá R$ 4.193,37 por 0,31 hectare.

Conforme o procurador-geral do Município, Fernando Baraúna, essas foram as únicas ações que o município precisou protocolar na Justiça, já que dos 97 proprietários atingidos, a grande maioria já aceitou o acordo com a prefeitura.


Após a concessão da liminar, os oficiais de Justiça vistoriaram na manhã desta terça-feira as áreas atingidas pelas ações. Fernando Baraúna acompanhou o trabalho.

Segundo ele, após a vistoria será emitido o Auto de Emissão de Posse Provisória à prefeitura. Segundo os oficiais de Justiça, os proprietários terão 15 dias de prazo para contestar a liminar. Após esse procedimento, o juiz deverá decidir sobre a posse definitiva das áreas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)