Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/05/2015 09:12

Juiz autoriza devolução à Petrobras de R$ 157 milhões desviados por ex-gerente

Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro autorizou hoje (5) a transferência de R$ 157 milhões desviados pelo ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco para a conta da estatal. A quantia representa 80% dos valores encontrados em contas mantidas por Barusco no exterior.

De acordo com as investigações da Operação Lava Jato, ele é acusado de cobrar propina em contratos com empreiteiras. Na decisão, o juiz sugeriu que o dinheiro seja utilizado para aprimorar o combate à corrupção dentro da empresa.

O valor total bloqueado é R$ 204 milhões. No entanto, conforme a decisão, 20% do valor serão mantidos em conta judicial, de modo a garantir o eventual pagamento de prejuízos causados a terceiros.

A devolução foi possível porque Barusco assinou acordo de delação premiada, comprometendo-se a devolver os valores que recebeu de propina. Sérgio Moro elogiou o trabalho de investigação.

"Necessário destacar, principalmente, os trabalhos de investigação e persecução do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, com auxílio de outros órgãos públicos, como Receita Federal, para o êxito da recuperação desses ativos. Foi a eficiência, integridade, perseverança e firmeza deles que propiciaram a recuperação desses valores milionários. Não se previne corrupção dessa magnitude sem esses atributos. Registro ainda o relevante e essencial auxílio prestado em cooperação jurídica internacional por outros países, especialmente a Confederação Suíça", concluiu Moro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)