Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/05/2015 09:12

Juiz autoriza devolução à Petrobras de R$ 157 milhões desviados por ex-gerente

Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro autorizou hoje (5) a transferência de R$ 157 milhões desviados pelo ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco para a conta da estatal. A quantia representa 80% dos valores encontrados em contas mantidas por Barusco no exterior.

De acordo com as investigações da Operação Lava Jato, ele é acusado de cobrar propina em contratos com empreiteiras. Na decisão, o juiz sugeriu que o dinheiro seja utilizado para aprimorar o combate à corrupção dentro da empresa.

O valor total bloqueado é R$ 204 milhões. No entanto, conforme a decisão, 20% do valor serão mantidos em conta judicial, de modo a garantir o eventual pagamento de prejuízos causados a terceiros.

A devolução foi possível porque Barusco assinou acordo de delação premiada, comprometendo-se a devolver os valores que recebeu de propina. Sérgio Moro elogiou o trabalho de investigação.

"Necessário destacar, principalmente, os trabalhos de investigação e persecução do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, com auxílio de outros órgãos públicos, como Receita Federal, para o êxito da recuperação desses ativos. Foi a eficiência, integridade, perseverança e firmeza deles que propiciaram a recuperação desses valores milionários. Não se previne corrupção dessa magnitude sem esses atributos. Registro ainda o relevante e essencial auxílio prestado em cooperação jurídica internacional por outros países, especialmente a Confederação Suíça", concluiu Moro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)