Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

03/03/2011 21:19

Judiciário pode prorrogar redução do expediente em MS

Nadyenka Castro, Campo Grande News

O presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Luís Carlos Santini, declarou nesta quinta-feira que o meio expediente no Poder Judiciário do Estado, que conforme a última resolução terminaria no próximo dia 10, pode ser prorrogado.

Em entrevista ao Campo Grande News após a solenidade de posse do novo diretor do Fórum de Campo Grande, o desembargador explicou que a adoção do novo horário foi necessária para reduzir gastos com pessoal.

Segundo ele, o TJ/MS estava gastando 5,71% do orçamento com pessoal, sendo que a Lei de Responsabilidade Fiscal permite 6%. Como estava próximo do limite foi necessária a medida.

Conforme Santini, com o atual expediente dos trabalhadores o gasto com pessoal reduziu para 5,62% da receita total.

O desembargador declarou que o expediente apenas vespertino foi adotado após estudos que continuam sendo feitos. “Temos que continuar estudando como que vamos atender a população sem aumentar a despesa”. “Talvez até prorrogamos mais”, disse.

Horário- Desde o fim de setembro do ano passado o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul funciona das 12h às 19. Antes, era das 8h às 18h.

A resolução alterando o expediente tinha validade de seis meses, portanto até dia 28 de fevereiro. Contudo, a edição do dia 25 de fevereiro do Diário da Justiça trouxe a prorrogação para 10 de março, determinada pelo Conselho Superior de Magistratura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)