Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/03/2011 21:19

Judiciário pode prorrogar redução do expediente em MS

Nadyenka Castro, Campo Grande News

O presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Luís Carlos Santini, declarou nesta quinta-feira que o meio expediente no Poder Judiciário do Estado, que conforme a última resolução terminaria no próximo dia 10, pode ser prorrogado.

Em entrevista ao Campo Grande News após a solenidade de posse do novo diretor do Fórum de Campo Grande, o desembargador explicou que a adoção do novo horário foi necessária para reduzir gastos com pessoal.

Segundo ele, o TJ/MS estava gastando 5,71% do orçamento com pessoal, sendo que a Lei de Responsabilidade Fiscal permite 6%. Como estava próximo do limite foi necessária a medida.

Conforme Santini, com o atual expediente dos trabalhadores o gasto com pessoal reduziu para 5,62% da receita total.

O desembargador declarou que o expediente apenas vespertino foi adotado após estudos que continuam sendo feitos. “Temos que continuar estudando como que vamos atender a população sem aumentar a despesa”. “Talvez até prorrogamos mais”, disse.

Horário- Desde o fim de setembro do ano passado o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul funciona das 12h às 19. Antes, era das 8h às 18h.

A resolução alterando o expediente tinha validade de seis meses, portanto até dia 28 de fevereiro. Contudo, a edição do dia 25 de fevereiro do Diário da Justiça trouxe a prorrogação para 10 de março, determinada pelo Conselho Superior de Magistratura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)