Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/03/2005 15:18

Jucá diz que quer esclarecer empréstimos junto ao Basa

Irene Lôbo / ABr

O ministro da Previdência Social, Romero Jucá, disse hoje que entregou ao procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, ofício pedindo que seja investigada a denúncia de que ele teria dado como garantia de um empréstimo junto ao Banco da Amazônia (Basa) fazendas que só existiam no papel. Segundo o ministro, as fazendas não eram de sua propriedade.

"Eu não tenho nada a esconder. Estou tranqüilo quanto à minha postura, mas não vou ficar também batendo boca com nenhum tipo de jornal ou órgão de imprensa. A idéia é que nós possamos esclarecer definitivamente essa posição, e o Ministério Público é um bom instrumento para isso", afirmou o ministro.

Na última segunda-feira (28), o jornal Folha de S.Paulo publicou matéria segundo a qual sete fazendas inexistentes no interior do Amazonas foram dadas por Jucá como garantia de um empréstimo bancário que não foi pago até hoje. Na época, Jucá era um dos proprietários da Frangonorte, um abatedouro de frangos em Boa Vista (RR). O ministro é réu na ação de execução de uma dívida de R$ 18 milhões movida pelo Basa na 11ª Vara Cível de Belém (PA).

O Ministério Público Federal no Tribunal de Contas da União (TCU) enviou ontem um ofício ao Basa requisitando dados sobre os empréstimos à Frangonorte. O banco e o Ministério Público Federal já investigam o caso. Na terça-feira, Fonteles deu prazo de 20 dias para que Jucá se explique.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)