Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

19/07/2017 08:20

Jovem preso em operação contra Baleia Azul fez ao menos 30 vítimas

Midiamax

Matheus Moura da Silva, de 23 anos, preso nesta terça-feira, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, por policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) confessou ter feito 30 vítimas no jogo Baleia Azul, porém há indícios de que ele teria feito até 40 vítimas. Matheus vai responder pelos crimes de associação criminosa, tentativa de homicídio e lesão corporal. Nenhuma das 30 vítimas apontada por Matheus morreu participando do jogo. Nos casos mais graves, sofreram lesões e cortes na pele. 

Matheus foi detido no bairro Nova Era como parte da operação Aquárius, deflagrada para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, contra os responsáveis pelo Baleia Azul. Ele foi levado para a Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio. A operação também tenta cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão em 20 municípios de nove estados do Brasil, incluindo o Rio de Janeiro.

— O início da investigação foi do zero. Não tínhamos vítimas, autores, nem materialidade. Mas abrimos inquérito preventivamente. E conseguimos salvar vítimas. Crianças que estavam prestes a se matar. As vítimas chegavam na delegacia muito mutiladas. Conseguimos salvar vidas — afirmou a delegada Fernanda Fernandes, responsável pelo caso.

Durante a investigação, agentes da especializada esbarraram com recusa do Facebook em fornecer informações pedidas pela polícia, mesmo após ordem judicial determinando a entrega dos dados.

Durante coletiva de imprensa, a polícia informou que está investigando 10 pessoas e curadores de outros estados estão sendo identificados. Os agentes também informaram que todas as vítimas que chegaram até a DRCI foram encaminhadas para acompanhamento psicológico para evitar que continuassem ou entrassem no jogo. A delegacia especializada conseguiu chegar a 15 vítimas do Baleia Azul. Para chegar até as vítimas, a delegacia entrou em contatos com as secretarias estaduais de Saúde e Educação, pedindo que, em todo caso, os agentes fossem notificados.

O jogo da Baleia Azul, que se tornou motivo de preocupação em diferentes países, consiste em uma série de 50 desafios diários enviados ao participante por um "curador". Há desde tarefas simples como desenhar uma baleia azul numa folha de papel até outras muito mais mórbidas, como cortar os lábios ou furar a palma da mão diversas vezes. Como desafio final, o jogador deve se matar.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
06:20
Libertadores da América
Quarta, 20 de Setembro de 2017
21:22
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)