Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/01/2013 23:12

Josué de Oliveira é reeleito presidente do TRE-MS; Atapoã da Costa é o vice

Bruna Girotto
Ao lado do membro efetivo mais antigo do TRE-MS, Amaury Kuklinski [à direita], o presidente reeleito Josué de Oliveira realizou o descerramento da placa com sua foto representando o biênio 2011/2013 (Foto: Fato Notório/ Renan Kubota)Ao lado do membro efetivo mais antigo do TRE-MS, Amaury Kuklinski [à direita], o presidente reeleito Josué de Oliveira realizou o descerramento da placa com sua foto representando o biênio 2011/2013 (Foto: Fato Notório/ Renan Kubota)

A solenidade de posse dos desembargadores Atapoã da Costa Feliz e Josué de Oliveira, como membros efetivos do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, aconteceu na tarde desta segunda-feira (28/01).

O desembargador Josué, que foi presidente pelo biênio 2011/2013, foi reconduzido ao TRE-MS e reeleito presidente do Tribunal pelo biênio 2013/2015. Atapoã da Costa Feliz foi escolhido vice-presidente e também cumulará a função de Corregedor Regional Eleitoral.

Antes de deixar o Tribunal, o então vice-presidente e corregedor Joenildo Chaves fez seu discurso de encerramento: "Chegamos ao final da nossa jornada. Esta Corte hoje está sendo renovada através de seus dirigentes". Ele agradeceu por trabalhar com os colegas em um ambiente harmonioso onde "sempre prevaleceu a vontade da maioria". Ele disse que foi uma satisfação trabalhar ao lado de Josué, magistrado oriundo do mesmo concurso público de 1980.

Ao discursar antes de ser reeleito, Josué de Oliveira afirmou que se tratava de um momento solene de agradecimento e de prestação de contas. Ele parafraseou Carlos Drumond de Andrade afirmando que muitas são as pedras, mas é necessária motivação para vencê-las. Segundo o desembargador, as conquistas obtidas durante o seu primeiro biênio superaram as expectativas. "Mais de 500 recursos e pedidos de registros de candidatura foram julgados pelo TRE-MS", disse ele.

Ao final do discurso citou Fernando Pessoa: "Deus quer, o homem sonha, a obra nasce".

Em seguida, foi exibido um vídeo institucional do biênio 2011/2013, onde foram destacadas as principais ações desenvolvidas pelo TRE-MS. Houve a expansão do cadastramento biométrico no Estado, construção de sedes próprias em Bandeirantes, Chapadão do Sul, São Gabriel D'Oeste, Miranda, além da ampliação da sede do TRE e a criação de três postos de atendimento em Campo Grande.

As eleições de 2012, em Mato Grosso do Sul, aconteceram em 5.381 seções divididas em 286 locais de votação. Às 19h49, tempo recorde, foi finalizada a apuração das Eleições do primeiro turno no Estado. Foram nove minutos a menos das últimas eleições que aconteceram em MS. No segundo turno, Mato Grosso do Sul foi o primeiro Estado a finalizar a apuração, sendo divulgado em 1 hora e 10 minutos após o fim do pleito.

Depois do vídeo institucional, o juiz do TRE-MS, Amaury da Silva Kuklinski, membro mais antigo do Tribunal, foi responsável por conduzir Atapoã para a cadeira dos juízes do Tribunal.

Foi realizada a eleição, por meio de votos secretos, da nova Administração do TRE. O desembargador Josué foi reeleito presidente e Atapoã foi escolhido como vice e corregedor do Tribunal.

Ao discursar, Atapoã ressaltou que está tranquilo em exercer as funções que lhe foram atribuídas pois contará com a experiência do colegiado, bem como pelo fato do TRE-MS contar com uma equipe altamente capacitada.

Ao final, houve o descerramento da placa com a foto do presidente Josué, referente ao biênio de 2011/2013.

Biografia

Josué de Oliveira: Natural de Pereira Barreto/SP, Oliveira formou-se em Direito, no ano de 1975, pela Faculdade Integrada de Uberaba - MG. Ingressou na Magistratura como Juiz de Direito da Comarca de Maracaju, em 1980. Foi promovido, por antiguidade, para a Vara Criminal da Comarca de Ponta Porã, de 1ª Entrância, em 1982. Foi removido, a pedido, para a 1ª Vara Cível da Comarca de Ponta Porã, 2ª Entrância, em 1983. Foi removido, a pedido, para a 2ª Vara Cível da Comarca de Dourados, de 2ª Entrância, em 1985. Foi promovido, por merecimento, para a 3ª Vara Cível da Comarca de Campo Grande, de Entrância Especial, em 1987. Foi promovido, por merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, em 1991. Exerceu o cargo de Corregedor-Geral de Justiça, compondo a diretoria do Tribunal de Justiça nos biênios 2001/2002 e 2009/2010. Exerceu a presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul no biênio 2011/2013.

Atapoã da Costa Feliz: Natural de Guararapes/SP, formou-se em Direito pela Faculdade de Uberlândia/MG, em 1970. Ingressou na Magistratura, como Juiz de Direito da Comarca de Glória de Dourados, em 1979. Foi promovido, por antiguidade, para a 2ª Vara da Comarca de Paranaíba, 2ª Entrância, em 1980. Removido para a 1ª Vara da Comarca de Amambai em 1982. Foi removido, a pedido, para a 2ª Vara da Comarca de Corumbá, em 1982. Foi promovido, por antiguidade, para a 7ª Vara Criminal da Comarca de Campo Grande, de Entrância Especial, em 1986. Foi removido, a pedido, para a 5ª Vara Cível da Comarca de Campo Grande, e removido a pedido, por permuta, para a 3ª Vara Criminal da Comarca de Campo Grande, assumindo as funções em 1992, tendo sido alterado, em 1994, para a 3ª Vara Cível da mesma Comarca. Foi promovido, por antiguidade, para Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, em 1995. Exerceu o cargo de Corregedor-Geral de Justiça do Mato Grosso do Sul, biênio 2003/2004. Atualmente exerce o cargo de Corregedor-Geral de Justiça, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, para o biênio 2011/2013.

Fato Notório (www.fatonotorio.com.br)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)