Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/02/2010 18:07

Jornalista acusado de matar criança é solto após 80 dias

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Acusado de matar um menino de dois anos e balear outro numa briga de trânsito, o jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves foi liberado na tarde de hoje pela 2ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

O habeas corpus foi aprovado por maioria e conforme o relatório do desembargador Romero Osme Dias Lopes. O MPE (Ministério Público Estadual) havia se manifestado contra o benefício.

Preso desde o dia 18 de novembro do ano passado, Gonçalves estava preso no Centro de Triagem. Segundo o advogado Valdir Custódio, nunca houve a necessidade da manutenção da prisão com base no princípio de clamor da ordem pública. “Ele já está em casa”, garantiu.

O crime -Gonçalves é acusado de matar Rogério Mendonça, 2 anos, a tiros, após brigar com seu tio, Aldemir Pedra Neto, no cruzamento da Avenida Mato Grosso com a Rua Rui Barbosa, no centro. Ele também é acusado de tentar balear o avô do menino, João Alfredo Pedra.

Agnaldo Ferreira Gonçalves é réu por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificada e porte ilegal de arma de fogo.

No ano passado, o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, havia negado habeas corpus e a defesa tinha desistido de um recurso semelhante no TJ/MS.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)