Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/07/2009 17:46

João Pedro preside CPI da Petrobras, que tem Romero Jucá

Alex Rodrigues, Agência Brasil

Brasília - Os senadores João Pedro (PT-AM) e Marcelo Crivella (PRB-RJ) acabam de ser eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras no Senado.

Em votação secreta, a chapa governista obteve oito votos contra três da chapa da oposição, encabeçada pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR). Em seu primeiro ato como presidente da comissão, João Pedro designou para a relatoria da CPI o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado.

João Pedro também convocou a primeira reunião de trabalho para o dia 6 de agosto, no reinício dos trabalhos legislativos após o recesso parlamentar, que começa na sexta-feira (17) se, até lá, for votada a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2010.

Na primeira reunião de trabalho da CPI da Petrobras serão apreciados os requerimentos apresentados pelos senadores, que integram a comissão, bem como a proposta de trabalho do relator Romero Jucá.

Jucá disse que vai trabalhar para apresentar uma proposta de trabalho e de encaminhamento das ações da CPI. "Vamos trabalhar com responsabildade, investigando todos os pontos apontados no requerimento [para a criação da CPI da Petrobras], fazendo com que a comissão possa exercer o seu papel", prometeu Jucá.

Já o presidente da CPI, João Pedro, disse que vai trabalhar em cima dos requerimentos [a serem apresentados pelos senadores]. "Só hoje já foram protocolados 28 deles. Preciso olhá-los e submetê-los à aprovação da CPI. Então vamos trabalhar em cima daquilo que for discutido e aprovado na comissão", disse o senador João Pedro, prometendo começar a estudar os requerimentos ainda durante o recesso.

João Pedro e Romero Jucá confirmaram a possibilidade de que a acusação de desvio de recursos públicos destinados à Fundação José Sarney pela Petrobras, feita pelo jornal O Estado de S. Paulo, pode vir a ser alvo de apuração pela comissão, embora não conste do requerimento de criação da CPI.





Edição: Antonio Arrais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)