Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

15/06/2005 06:34

Jefferson confirma denúncias; Conselho pode ouvir Dirceu

Agência Câmara

Em depoimento ontem ao Conselho de Ética da Câmara, o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) confirmou a denúncia de pagamento de mesada pelo PT a deputados em troca de apoio ao governo. Ele denunciou nominalmente parlamentares, ministros e dirigentes partidários, inocentou outros políticos (inclusive o presidente Lula), mas não apresentou provas. Um de seus principais alvos foi o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, a quem sugeriu que renunciasse para não transformar o presidente Lula em réu.
O depoimento deverá ter seus primeiros desdobramentos no conselho já na próxima quinta-feira, em reunião na qual serão votados requerimentos que convidam a prestar esclarecimentos o ministro José Dirceu; a deputada licenciada Raquel Teixeira (PSDB-GO); o deputado Miro Teixeira (PPS-RJ); o governador de Goiás, Marconi Perilo; e o secretário-geral e o tesoureiro do PT, Sílvio Pereira e Delúbio Soares.
Durante o depoimento, Jefferson acusou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) de ter montado o flagrante em que o ex-chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios, Maurício Marinho, aparece recebendo propina de R$ 3 mil em nome do PTB. "Não fui o responsável pela indicação de Marinho para o cargo", garantiu.
Roberto Jefferson responde a processo disciplinar no Conselho de Ética por iniciativa do PL, um dos partidos acusados – junto com o PP – de receber a mesada do PT. A defesa será complementada hoje, por escrito, por seus dois advogados. Nela, Jefferson promete incluir documentos relativos a contratos superfaturados ou licitações ilegais nos Correios e Telégrafos, na Valec Engenharia, no Departamento Nacional de Infra-estrutura em Transportes (Dnit), na Novadata e da Skymaster.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)