Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2005 06:34

Jefferson confirma denúncias; Conselho pode ouvir Dirceu

Agência Câmara

Em depoimento ontem ao Conselho de Ética da Câmara, o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) confirmou a denúncia de pagamento de mesada pelo PT a deputados em troca de apoio ao governo. Ele denunciou nominalmente parlamentares, ministros e dirigentes partidários, inocentou outros políticos (inclusive o presidente Lula), mas não apresentou provas. Um de seus principais alvos foi o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, a quem sugeriu que renunciasse para não transformar o presidente Lula em réu.
O depoimento deverá ter seus primeiros desdobramentos no conselho já na próxima quinta-feira, em reunião na qual serão votados requerimentos que convidam a prestar esclarecimentos o ministro José Dirceu; a deputada licenciada Raquel Teixeira (PSDB-GO); o deputado Miro Teixeira (PPS-RJ); o governador de Goiás, Marconi Perilo; e o secretário-geral e o tesoureiro do PT, Sílvio Pereira e Delúbio Soares.
Durante o depoimento, Jefferson acusou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) de ter montado o flagrante em que o ex-chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios, Maurício Marinho, aparece recebendo propina de R$ 3 mil em nome do PTB. "Não fui o responsável pela indicação de Marinho para o cargo", garantiu.
Roberto Jefferson responde a processo disciplinar no Conselho de Ética por iniciativa do PL, um dos partidos acusados – junto com o PP – de receber a mesada do PT. A defesa será complementada hoje, por escrito, por seus dois advogados. Nela, Jefferson promete incluir documentos relativos a contratos superfaturados ou licitações ilegais nos Correios e Telégrafos, na Valec Engenharia, no Departamento Nacional de Infra-estrutura em Transportes (Dnit), na Novadata e da Skymaster.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)