Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/04/2011 07:59

Japão registra 12.157 mortos e 15.496 desaparecidos depois do terremoto

Agência Lusa

Brasília – Às vésperas de completar um mês do pior terremoto seguido de tsunami registrado na história recente do Japão, as autoridades japonesas informaram hoje (4) que já são 12.157 mortos e 15.496 desaparecidos. O balanço com os números é atualizado com frequência pelas autoridades. As buscas ainda são mantidas, embora agora tenham entrado em uma etapa menos acelerada do que a anterior.

Ontem (3) foi concluída uma operação, que durou três dias, para buscas de desaparecidos em três províncias. Mais de 25 mil militares do Japão e da União Europeia, em parceria com a polícia, os bombeiros e a guarda costeira japonesa, participaram da ação. Houve ainda o apoio de 120 meios aéreos e mais de 60 embarcações. A operação conseguiu resgatar 78 corpos.

De acordo com os dados da polícia japonesa, cerca de 160 mil pessoas que perderam suas casas nas províncias de Miyagi, Iwate e Fukushima, no Nordeste do Japão, ainda estão em 2.100 abrigos temporários. Essas foram as áreas mais afetadas pelo tsunami.

Na província de Miyagi, foram registados 7.431 mortos e mais de 6.300 desaparecidos, em Iwate, 3.550 mortos e 4.500 desaparecidos, e em Fukushima, 1.126 mostos e 4.570 desaparecidos. Na Região Nordeste do Japão, havia 777 brasileiros, mas não foram registradas vítimas entre eles.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)