Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

14/06/2011 07:53

Japão aprova lei de indenizações para as vítimas de acidentes nucleares

Renata Giraldi, Agência Brasil

Brasília - O Conselho de Ministros do Japão aprovou hoje (14) o projeto que define o pagamento de indenizações para as vítimas dos acidentes radioativos da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do país. O projeto determina os pagamentos por meio da empresa que administra a usina, a Tokyo Electric Power Company (Tepco). Mas falta detalhar valores e datas para os pagamentos.

As informações são da rede estatal de televisão, a NHK. O projeto, porém, não define o valor total dos recursos públicos nem dados detalhados sobre as indenizações. O assunto será tema de discussão dos parlamentares japoneses no debate a respeito do orçamento geral do país, em data a ser definida.

Pelo texto do projeto, será criado um novo órgão para supervisionar o uso dos fundos e o destino do dinheiro público. O fundo para a compensação das vítimas será elaborado por meio de um conjunto de ações – do governo, da Tepco e de empresas de energia que administram usinas nucleares no Japão.

O órgão gestor dos fundos vai atuar em parceria com a Tepco nos pagamentos das indenizações e também em investimentos de capital. Um grupo de especialistas vai ser criado na empresa gestora da usina, na tentativa de colaborar com a administração dos recursos públicos e privados.

Os acidentes nucleares em Fukushima foram causados durante o terremoto seguido por tsunami, em 11 de março. Em decorrência dos abalos, houve falhas na usina que geraram vazamentos e explosões. Por segurança, cidades inteiras ao redor de Fukushima foram esvaziadas e até hoje há pessoas vivendo de forma provisória em outras localidades do Japão.

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)