Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

18/10/2008 09:33

Já estão em MS suspeitos de matar diretor de Bangu 3

Nadyenka Castro/Campo Grande Newws

Já estão na Penitenciária Federal de Campo Grande os dois suspeitos de matar o tenente-coronel PM José Roberto do Amaral Lourenço, diretor da penitenciária de Bangu 3, no Rio de Janeiro.

Adair Marlon Duarte, o "Aldair da Mangueira", e Ronaldo Pinto Lima Silva, o "Ronaldinho Tabajara", chegaram na madrugada deste sábado ao presídio.

A transferência cumpre uma determinação da Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro, a pedido do governador daquele estado, Sérgio Cabral.


O tenente-coronel chefiava a unidade prisional há quatro anos e teve o carro atingido por cerca de 60 tiros de fuzil, quando seguia para o trabalho pela Avenida Brasil, principal ligação do centro com as zonas norte e oeste da cidade.

Cerca de dez homens usando uma Blazer e um Peugeot emparelharam com o carro oficial da Secretaria de Administração Penitenciária, dirigido pelo próprio militar, e fizeram os disparos.

De acordo com o jornal carioca O Dia, a PF (Polícia Federal) e a Delegacia de Homicídios daquele Estado, receberam informação de que o oficial foi morto porque não aceitou participar de um esquema de corrupção.

Teria sido proposto a ele receber R$ 3 mil para deixar entrar na unidade, escondido em meio as mercadorias da cantina, celulares, armas e drogas. Ele não aceitou. Diretores de outras unidades teriam aceitado o esquema.

A Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro anunciou nessa sexta-feira a suspeita de que partiu exatamente do Presídio Federal de Campo Grande a ordem para executar o diretor da unidade de segurança máxima. Também há uma linha de investigação que diz que a ordem saiu do presídio federal de Catanduvas, no Paraná.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)