Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

01/12/2015 21:23

Já está valendo a lei que alterou a meia-entrada. Confira as mudanças

Midiamax

 

A regulamentação da lei que garante a cobrança da meia-entrada no acesso a eventos artístico-culturais e esportivos começou a valer nesta terça-feira (1º). A partir de agora, 40% do total de ingressos disponíveis deverão ser para estudantes, idosos e pessoas com deficiência. As novas normas foram publicadas no Decreto nº 8.537, de 5 de outubro de 2015, e também estabelecem gratuidade ou desconto em passagens de viagens interestadual a jovens de baixa renda.

Os estudantes terão direito ao benefício da meia-entrada mediante a apresentação da 'carteirinha de estudante', a CIE (Carteira de Identificação Estudantil). Os ingressos de meia-entrada só estarão disponíveis a partir do início das vendas até 48h antes do evento. O benefício não valerá para camarotes, áreas e cadeiras especiais.

Segundo o decreto, as carteirinhas, a partir de agora, devem ter: nome completo e data de nascimento do estudante, foto recente, nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado e grau de escolaridade. A nova 'carteirinha' terá certificação digital, tinta invisível, efeito degradê, tarja magnética e QR Code.

O documento deverá ser emitida pela UNE (União Nacional dos Estudantes); Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas); entidades estaduais e municipais filiadas à UNE e à Ubes, DCEs (Diretórios Centrais dos Estudantes) e Centros e Diretórios Acadêmicos de níveis Médio e Superior.

O decreto estabelece que serão reservadas duas vagas gratuitas para jovens de baixa renda em cada ônibus, trem ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros; além de duas vagas com desconto de 50%, no mínimo, no valor das passagens, a serem utilizadas depois de esgotadas as vagas gratuitas. No entanto, jovens de baixa renda deverão ter a 'Identidade Jovem', emitida pelo governo. Conforme o decreto assinado pela presidenta Dilma Rousseff, o documento deverá ser emitido, no máximo, até 31 de março de 2016.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)