Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

07/09/2009 16:46

Italiano preso é transferido para hospital

Luciana Lima, Agência Brasil

Fortaleza - O italiano preso em Fortaleza, por suspeita de ter abusado sexualmente da própria filha, foi transferido para o hospital na tarde de ontem (6) devido a uma crise hipertensiva. O diagnóstico foi assinado pela médica Jonaína Oliveira, levada pelo advogado Flávio Jacinto ao 2º Distrito Policial, onde o italiano estava preso desde a última terça-feira.

“Quando chegamos à delegacia, vimos que ele estava muito tenso, nervoso e não tinha comido. Por isso, resolvemos buscar um médico para que o atendesse. Ao medir a pressão sangüínea, ela determinou que ele fosse transferido para o hospital e pediu uma série de exames”, contou Flávio Jacinto.

O italiano está internado no terceiro andar do Hospital Gênesis na companhia da mulher e sob escolta da polícia. A transferência, no entanto, não foi determinada pela Justiça. De acordo com o advogado, bastou o diagnóstico da médica para que ele fosse levado ao hospital, que é particular.

A acusação contra o italiano é que ele teria cometido estupro vulnerável, previsto no Artigo 217-A, da Lei 12.015, que entrou em vigor em agosto último. De acordo com o relato de um casal de turistas brasileiros, ele teria beijado a filha e acariciado suas partes íntimas dentro da piscina de uma das barracas localizadas na Praia do Futuro, em Fortaleza. Caso fique comprovado o abuso, a lei prevê pena de oito a 15 anos de prisão.

O inquérito policial tramita em segredo de Justiça. Quatro testemunhas já foram ouvidas, entre elas o casal. Segundo a delegada Ivana Timbó, chefe da Delegacia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescente (Dceca), responsável pela apuração do caso, as informações prestadas foram muito veementes. As duas testemunhas disseram que o italiano estava dentro da piscina com a filha e disse que as carícias feita por ele na filha incomodaram várias pessoas que estavam na barraca.


A menina também foi ouvida pela polícia, na companhia da mãe, de uma psicóloga e de uma assistente social. A delegada pretende ouvir mais três testemunhas amanhã (8). São funcionários da barraca onde o crime teria ocorrido. Ivana disse ainda que espera concluir o inquérito até a próxima quinta-feira. O fato de o italiano ser pai da menina não está sendo questionado. “Não faz diferença na nova lei. O crime é o mesmo”, disse a delegada.

Com a repercussão do caso, o casal de turistas brasilienses que acusou o italiano antecipou a volta para casa. Uma das testemunha chegou a dizer que o beijo que o pai deu na filha não apenas um “selinho”, um beijo rápido, como alegou a mãe da menina, que disse ser costume da família se cumprimentar dessa forma.




Edição: João Carlos Rodrigues

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)