Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/10/2006 15:42

Itália autoriza uso da maconha para fins terapêuticos

O governo italiano de centro-esquerda aprovou nesta quinta-feira, durante o conselho de ministros, um projeto de lei que autoriza pela primeira vez o uso de medicamentos com a maconha para fins terapêuticos, informaram fontes oficiais.

O projeto, que deve ser adotado pelo Parlamento, retira a maconha da lista de substâncias sem utilidade terapêutica e simplifica a prescrição de remédios derivados do ópio para acalmar as dores de pessoas com doenças degenerativas ou em fase terminal.

Em um comunicado, o governo de centro-esquerda especificou que autorizou que a introdução de dois remédios fabricados com substâncias extraídas da maconha e já empregadas em Canadá, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Suíça, Holanda, Bélgica e Alemanha.

"Falamos de terapias contra a dor, não de um baseado", disse a ministra da Saúde, Livia Turco, durante uma entrevista coletiva celebrada ao fim do conselho de ministros.

Por sua vez, o dirigente do partido Aliança Nacional (AN, direita), Maurizio Gasparri, acusou o governo de querer dar uma conotação positiva à maconha.

O governo anterior, chefiado por Silvio Berlusconi e apoiada pela AN, aprovou em 2006 uma lei polêmica que suprimia a diferença entre drogas leves e pesadas e endureceria as sanções contra os consumidores de maconha.


AFP

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)