Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/06/2014 17:25

Irregulares, bares de Água Clara foram impedidos de abrir durante jogos

Campo Grande News

Bares da cidade de Água Clara – a 198 quilômetros de Campo Grande – foram impedidos de funcionar durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo de 2014 por causa de um confusão generalizada registrada na abertura do mundial, no dia 12 de junho, quando um policial civil ficou ferido.

"Para assegurar a tranquilidade de todos", a medida foi tomada em conjunto pelo Poder Judiciário, MPE (Ministério Público Estadual), Polícia Civil, Polícia Militar e Prefeitura de Água Clara. O anúncio foi feito pelo prefeito da cidade, Silas José, na rádio local.

No último dia 17, data do segundo jogo do Brasil no Mundial de Futebol, os bares do município foram obrigados a fechar às 13h, duas horas antes do início da partida. Na oportunidade, autoridades realizaram ações de fiscalização no município. O trabalho constatou que a maioria dos comércios funcionava sem alvarás do Corpo de Bombeiros.

Após a ação, Silas José esclareceu que o alvará de funcionamento nunca foi exigido na cidade. Entretanto, depois da confusão, proprietários de bares, restaurantes, lanchonetes e outros terão que providenciar, no prazo de 30 dias, a documentação para continuar funcionando.

Para auxiliar os comerciantes, amanhã (20), o Corpo de Bombeiros vai se reunir com a classe interessada para explicar o funcionamento correto dos estabelecimentos e como fazer para ter acesso ao alvará de funcionamento.

A prefeitura também disse que vai disponibilizar funcionários para atender os comerciantes. A abertura dos bares foi liberada a partir do próximo jogo, que vai acontecer no dia 23 de junho.

Confusão – A polêmica da abertura dos bares da cidade em dias de jogos do Brasil teve início depois que um policial ficou ferido na cidade durante uma confusão.

No dia 12 de junho de 2014, após o término do jogo do Brasil na Copa, uma desordem e algazarra foi registrada em em Água Clara.

Conforme a Promotora de Justiça da Comarca do município, a situação ficou caótica e, ainda com a intervenção policial, não foi possível conter a multidão que se aglomerou nas ruas. No tumulto, um policial civil acabou agredido e diversos boletins de ocorrência foram registrados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)